Página arquivada:pode conter informações antigas
  • Enviar esta página
  • Imprimir esta página

Somália: muitos ainda lutam contra a insegurança alimentar no sul do país

27-11-2012 Comunicado de imprensa 12/229

Genebra/Nairobi (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) concluiu recentemente a distribuição de alimentos e sementes para mais de 170 mil pessoas nas regiões do Baixo Juba e Gedo, no sul da Somália.

A população dessas regiões continua vulnerável devido à escassa temporada de chuvas e ao conflito em curso.

O CICV e o Crescente Vermelho Somali distribuíram sementes para 15 mil agricultores, que, por sua vez, poderão alimentar cerca de 90 mil pessoas, dado que uma família média consiste de seis pessoas. Além disso, nessas mesmas áreas, 84 mil pessoas carentes - das quais mais da metade tiveram de ser deslocadas do cenário do conflito em Kismayo e arredores nas últimas semanas - receberam arroz, feijão e outros alimentos básicos suficientes para um ano.

"Os esforços humanitários constantes melhoraram a situação alimentar geral na Somália este ano", disse o chefe da delegação do CICV para a Somália, Patrick Vial. "No entanto, os confrontos armados contínuos e o clima difícil implicam que para muitos somalis, obter alimentos suficientes, ainda é uma luta. Um número grande de pessoas está sendo obrigado a fugir de suas casas e terras, o que interrompe a produção de alimentos e as atividades econômicas".

O CICV está apoiando os esforços das comunidades para se alimentarem e gerarem renda, além de distribuir artigos emergenciais. De outubro a dezembro de 2012, por exemplo, as pessoas que moram na costa, nas regiões de Banadir, Baixo Shabelle e Baixo Juba estão participando de um programa de pesca que permitirá que produzam mais alimentos e se tornem autônomos.

Mohamed Sheikh-Ali, que coordena os programas de segurança alimentar do CICV no país, explica. "As nossas distribuições alimentares emergenciais visam ajudar as pessoas a chegarem até a próxima colheita, em janeiro, enquanto que as distribuições de sementes, com sorte, melhorará a capacidade da comunidade de se alimentar por conta própria".

O CICV trabalha na Somália desde 1977. Em estreita parceria com o Crescente Vermelho Somali, a organização presta apoio emergencial e duradouro com o objetivo de fortalecer a autoconfiança da comunidade. Além disso, promove o cumprimento do Direito Internacional Humanitário e monitora o tratamento que os detidos recebem e as condições em que são mantidos.

Mais informações:
Anna Schaaf, CICV Nairobi, tel: +254 722 512 728
Marie-Servane Desjonqueres, CICV Genebra, tel: +41 22 730 31 60 ou +41 79 536 92 58