Página arquivada:pode conter informações antigas
  • Enviar esta página
  • Imprimir esta página

Israel/territórios ocupados: três detidos palestinos em greve de fome correm perigo

14-09-2012 Comunicado de imprensa 12/187

Genebra/Jerusalém (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) está extremamente preocupado com a piora do estado de saúde de três detidos palestinos que estão em uma greve de fome duradoura. A greve que Samer Barq, Hassan Safadi e Ayman fazem já dura várias semanas.

"Essas pessoas vão morrer a menos que as autoridades detentoras encontrem uma solução imediata", disse o chefe da delegação do CICV em Israel e territórios ocupados, Juan Pedro Schaerer. Qualquer solução deve levar em consideração o fato de que, segundo as resoluções adotadas pela Associação Médica Mundial, os detidos têm o direito de escolher se querem ser alimentados ou receber tratamento médico. É essencial que a sua opção seja respeitada e que a sua dignidade seja preservada.

Desde o início da greve de fome, os delegados e a equipe médica do CICV têm visitado regularmente os detidos, monitorando tanto a sua saúde como a maneira como estão sendo tratados. O CICV também está em contato com os seus familiares, aos quais transmitem mensagens.

Mais informações:
Noora Kero, CICV Jerusalém, tel: +972 52 601 91 50
Nadia Dibsy, CICV Jerusalém, tel: +972 52 601 91 48
Ayman Alshehabi, CICV Gaza, tel: +972 59 960 30 15
Ran Goldstein, CICV Tel Aviv, tel: +972 52 27 57 517
Hicham Hassan, CICV Genebra, tel: +41 22 730 25 41 ou +41 79 536 92 57