Página arquivada:pode conter informações antigas
  • Enviar esta página
  • Imprimir esta página

Filipinas: CICV pede 30 milhões de francos suíços para apoiar vítimas de tufão

12-02-2013 Comunicado de imprensa 13/21

Genebra/Manila (CICV) – Mais de dois meses depois de o tufão Bopha (localmente chamado Pablo) ter devastado o sudeste das Filipinas, as necessidades humanitárias continuam supreendentemente maiores, e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) faz um apelo de quase 30 milhões de francos suíços (mais de 30 milhões de dólares) como fundo adicional para apoiar as operações de centenas de milhares de sobreviventes.

A destruição causada pelo tufão deixou a população com poucos recursos, já que a maioria perdeu não somente as suas casas, mas também as suas fontes de sobrevivência.

"Junto da Cruz Vermelha Filipina, fornecemos alimentos e outros artigos essenciais, como lonas, utensílios de cozinha, sabonete e artigos de higiene, para até cinco meses para 300 mil pessoas que perderam praticamente tudo durante o tufão", disse o chefe de operações do CICV para o Leste da Ásia, Sudeste da Ásia e Pacífico, Alain Aeschlimann. "Ao mesmo tempo, faremos o possível para recuperar os meios de sobrevivência dessas pessoas. A nossa assistência incluirá um programa de trabalho remunerado para melhorar as áreas de produção agrícola e o fornecimento de sementes, mudas, ferramentas e equipamentos para as pessoas a fim de permitir que as pessoas retomem as atividades agrícolas."

Para assegurar que até mesmo as comunidades mais afetadas possam ter acesso às necessidades básicas, o CICV e a Cruz Vermelha Filipina apoiarão o conserto dos sistemas de abastecimento de água e a reconstrução de outras instalações de saúde. Cerca de 30 mil pessoas também se beneficiarão com as doações de material de construção para consertar as suas casas parcialmente destruídas.

Imediatamente depois da catástrofe causada pelo tufão, no dia 5 de dezembro, o CICV, em parceria com a Cruz Vermelha Filipina, já fornecia alimentos e outros artigos de importância vital a 300 mil pessoas. Também foi montado um hospital de campanha, que atendia mais de cem pacientes por dia e oferecia assistência médica gratuita para pacientes com problemas de saúde básicos, assistência materno-infantil, apoio psicológico e vacinas. Além disso, o CICV e a Cruz Vermelha Filipina disponibilizaram água potável para mais de 25 mil pessoas ao montar estações de emergência para a distribuição de água, transporte de água potável para as comunidades e melhora dos sistemas hídricos existentes.

Mais informações:
Bijan Farnoudi, CICV Genebra, tel.: +41 79 536 92 59
Cynthia Lee, CICV Manila, tel.: +63 918 907 2125
Jesse Edep, CICV Manila, tel.: +63 918 258 7439