Página arquivada:pode conter informações antigas
  • Enviar esta página
  • Imprimir esta página

Chade: feridos graves são transferidos de Darfur

24-04-2013 Comunicado de imprensa 13/77

Genebra/N’Djamena (CICV) – Durante as duas últimas semanas, 18 pessoas gravemente feridas foram transferidas de Darfur ao Hospital de Abéché, no leste do Chade, pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

Os feridos estão dentre as dezenas de milhares de pessoas que fugiram, desde o início de abril, de Um Dukhum, em Darfur, a 10 quilômetros da fronteira com o Chade, após confrontos entre distintas comunidades. A violência provocou o deslocamento da população até Tissi, uma remota cidade do Chade de difícil acesso por terra.

“Como temos uma equipe cirúrgica no hospital regional de Abéché, principal unidade de saúde no leste do Chade, obviamente nos oferecemos para prestar atendimento aos pacientes com ferimentos mais graves”, afirmou a chefe da subdelegação do CICV em Abéché, Helene Plennevaux.

“Quatro feridos foram trazidos primeiro por terra por uma organização não governamental local, já que a pista de pouso de Tissi estava inutilizável”, explica Plennevaux. A partir de 17 de abril, depois que a pista foi consertada com a ajuda dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) e apoio das autoridades locais, 14 outros pacientes foram transferidos a bordo de aeronaves do CICV para serem operados pela equipe em Abéché.

Além disso, o CICV entregou aos funcionários dos MSF em Tissi um dispensário móvel, duas caixas d’água de 45 metros cúbicos cada, 50 bolsas para cadáveres e material médico para o tratamento de 50 pacientes com ferimentos por armas.

“O CICV continua monitorando a situação no terreno”, declarou Plennevaux. “Estamos prontos para realizar novas transferências se for necessário”.

O Comitê no Chade desde 1978. Abriu a subdelegação em Abéché em 2004 após a eclosão do conflito em Darfur, prestando apoio ao hospital da cidade desde então. Atualmente, há oito profissionais da saúde do CICV trabalhando ali.

Mais informações:
Ananie Kulimushi, CICV N'Djamena, tel: +235 6 20 10 05
Jean-Yves Clémenzo, CICV Genebra, tel: +41 79 217 32 17