Página arquivada:pode conter informações antigas
  • Enviar esta página
  • Imprimir esta página

República Democrática do Congo: civis encurralados uma vez mais pelo conflito

01-03-2013 Comunicado de imprensa 13/34

Genebra/Kinshasa (CICV) – À medida que os combates estão sendo retomados no leste do país, na região de Kivu do Norte, principalmente em Kitchanga (território Masisi) e no território de Nyiragongo, ao norte de Goma, as equipes do CICV se preparam para assistir os civis e feridos.

Em Kitchanga, onde uma batalha tem sido travada desde quarta-feira passada, uma explosão próxima ao Hospital Saint-Benoit feriu pacientes e equipes médicas. De acordo com o chefe da subdelegação do CICV em Goma, Fréderic Boyer, o CICV está "extremamente preocupado com essas pessoas. O acesso à assistência à saúde adequada já é um imenso desafio para os moradores da região de Kitchanga devido à falta de equipamento e pessoal qualificado, havendo poucos hospitais."

Apesar de que não haja indícios de que o hospital tenha sido alvejado deliberadamente, o CICV ressalta a proibição total de ataques contra as equipes médicas, hospitais, dispensários e outras instalações médicas.

As equipes da organização forneceram tratamento cirúrgico para mais de 26 feridos de guerra, civis e militares, provenientes de Kitchanga. Os cirurgiões trabalham incansavelmente no Hospital N'Dosho em Goma onde tendas e leitos adicionais foram postos à disposição para incrementar a capacidade de atenção aos feridos de várias zonas de conflito em Kivu do Norte.

O CICV preocupa-se enormemente com os milhares de civis que estão fugindo das zonas de combate. Essas pessoas devem ser tratadas com respeito e protegidas, assim como seus  bens. As equipes do CICV monitoram com cuidado a situação de modo a assistir os mais vulneráveis que enfrentam a violência dos confrontos.

Mais informações:
Thomas Glass, CICV Goma, tel.:+243 81 700 77 86
Marie-Servance Desjonquères, CICV Genebra, tel.: +41 22 730 31 60 ou +41 79 536 92 58