• Enviar esta página
  • Imprimir esta página

Assistência à Saúde em Perigo: um estudo de 16 países

10-08-2011 Relatório

A assistência à saúde é com frequência suspensa, retirada ou impossibilitada em decorrência de eventos violentos. Milhares de pessoas feridas e doentes deixam de ter acesso a uma assistência à saúde eficaz quando os hospitais sofrem estragos causados por armas explosivas ou são invadidos por combatentes, quando as ambulâncias são sequestradas e quando os profissionais de assistência à saúde são ameaçados, sequestrados, feridos ou mortos.

Este estudo se baseia em uma análise de relatos reunidos durante um período de dois anos e meio, nos quais se descrevem 655 incidentes violentos que afetaram a assistência à saúde em 16 países onde o CICV opera. Os relatos foram obtidos em agências humanitárias, incluindo o CICV, e em fontes abertas como a mídia e websites. Foi usado um software padrão aplicado a um modelo estatístico para analisar os relatos desses eventos.

Este estudo está disponível exclusivamente on-line (formato PDF) e somente em inglês.