• Enviar esta página

Armas químicas e biológicas

A comunidade internacional proibiu o uso de armas químicas e biológicas depois da Primeira Guerra Mundial e reforçou tal proibição em 1972 e 1993, ao proibir o desenvolvimento, o armazenamento e a transferência destas armas. Os avanços de hoje em áreas como as Ciências Biológicas e a Biotecnologia, com a finalidade de beneficiar a humanidade, aumentaram a preocupação de que a restrição ao uso de armas químicas e biológicas possa ser ignorada ou esteja desgastada. Leia panorama completo.

Direito Consuetudinário (em inglês)