• Enviar esta página


Banner - go to The ICRC has a new website!

Go to:  Respeito à assistência à saúde

O CICV na Colômbia

Uma equipe do CICV viaja de canoa pelo rio Ispí para visitar o município de Roberto Payan (Nariño). O CICV ajuda a população local afetada pelos conflitos por meio de projetos de arquitetura e saneamento básico.

A operação do CICV na Colômbia é a maior das Américas. O trabalho do CICV no país compreende a proteção de civis, a assistência às pessoas deslocadas e às comunidades afetadas por conflitos, a assistência às pessoas afetadas pela contaminação com armas, o apoio às famílias de desaparecidos, a visita aos detidos, a promoção do Direito Internacional Humanitário (DIH) e a cooperação com a Cruz Vermelha Colombiana e outros membros do Movimento ativos na Colômbia. Leia panorama completo.

Fatos e números

Entre janeiro e março de 2013, o CICV:

  • Facilitou a liberação de 8 civis, entre eles 3 cidadãos peruanos e 2 alemães, e 3 membros da Força Pública que estavam em poder de grupos armados;
  • Proporcionou assistência a 1.099 pessoas deslocadas em casos individuais e massivos;
  • Implementou e acompanhou uma unidade móvel de saúde, que beneficiou mais de 3 mil pessoas com os seus serviços médicos;
  • Documentou 63 casos de supostas violações ao DIH e outras normas fundamentais;
  • Monitorou individualmente as condições de reclusão de 867 detidos em decorrência do conflito, em 34 visitas a 28 centros de detenção estatais;
  • Melhorou o acesso a serviços essenciais de água e saneamento e infraestrutura comunitária para saúde e educação de 1.670 pessoas afetadas pelo conflito armado;
  • Realizou 43 atividades de promoção de comportamentos seguros e conhecimento de direitos das vítimas de contaminação por armas, para 878 pessoas.


 

O CICV conta com 358 colaboradores na Colômbia, incluindo 62 internacionais.

Publicações Mais publicações