Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Desaparecidos em Uganda: aferrando-se à esperança

Galeria de fotos 28 agosto 2017

Quando as pessoas desaparecem, famílias, comunidades e sociedades inteiras sentem uma dor inimaginável. Embora os números sejam difíceis de quantificar, cada vez mais pessoas são dadas como desaparecidas. É evidente que este problema afeta praticamente todos os países, não somente os que estão em guerra.

Em Uganda, estas famílias vivem apenas com as lembranças dos seus entes queridos desaparecidos através dos objetos pessoais que ficaram para trás. A maioria ainda espera a volta dos seus familiares ou um desfecho para a situação. Saber o que aconteceu com as pessoas desaparecidas é, antes de mais nada, um ato humanitário.