Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Iêmen: ataques aéreos em área residencial de Sanaa causam indignação

Comunicado de imprensa 25 agosto 2017

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) condena com veemência os ataques aéreos em Sanaa, na noite passada, matando 14 pessoas e ferindo outras 16. Entre as vítimas havia pelo menos cinco crianças, a menor de apenas 3 anos.

"Estou profundamente chocado e consternado com os ataques aéreos da noite passada em um bairro residencial de Sanaa. Oito das vítimas eram da mesma família, incluindo cinco crianças entre três e dez anos de idade. Sete morreram, sobrevivendo uma menina de quatro anos que ficou ferida", afirmou o chefe da delegação do CICV no Iêmen, Carlos Morazzani, depois de visitar o local do ataque. "Esta perda de vidas é indignante, contrariando os princípios básicos do Direito Internacional dos Conflitos Armados."

Faj Attan é um bairro residencial, localizado no sul de Sanaa, onde três prédios foram atingidos pelos bombardeios ao redor das 2h da manhã, hora local. Os ataques reduziram a escombros dois dos edifícios e danificaram severamente o terceiro, fazendo com que a recuperação dos corpos e dos feridos fosse extremamente difícil. "Pelo que vimos no terreno, não havia objetivo militar aparente", acrescentou Morazzani.

Os voluntários da Cruz Vermelha do Iêmen responderam ao incidente e assistiram a transferência de sobreviventes a três hospitais em Sanaa. O CICV entregou uma grande quantidade de material médico para ajudar a tratar os feridos.

Os bombardeios ocorreram depois que o CICV alertou com preocupação, há algumas semanas, sobre a tendência crescente dos ataques aéreos contra os civis no Iêmen.

O CICV reitera o seu apelo para que todas as partes do conflito respeitem as normas da guerra e poupem os civis.

Mais informações:

Soumaya Beltifa, CICV Sanaa, +967 73 607 1967
Iolanda Jaquemet , CICV Genebra, +41 79 447 3726