Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Iêmen: CICV profundamente preocupado com o impacto do confronto em Taiz

Comunicado de imprensa 22 outubro 2015

Genebra / Sanaa – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) está profundamente preocupado com o impacto humanitário do confronto cada vez mais intenso na cidade de Taiz, onde houve um bombardeio indiscriminado sobre áreas civis e os insumos básicos estão impedidos de entrar na cidade.

"A situação em Taiz é particularmente calamitosa, até mesmo comparada às condições terríveis em todo o Iêmen, onde quase metade dos hospitais estão fechados e o fluxo de pessoas feridas desesperadas em busca de tratamento é importante. Os hospitais informaram 22 mortes e mais de 140 feridos após o bombardeio e os ataques aéreos de ontem", afirmou o chefe da delegação do CICV no Iêmen, Antoine Grand.

"Há cinco semanas, estamos pedindo a todas as partes envolvidas que autorizem a entrega urgente de remédios para o hospital de Al-Thawra e sem sucesso até o momento. Esta carga é crucial para salvar vidas", explica.

Depois de mais de seis meses da escalada do conflito em terra, ataques aéreos e bombardeios, a população em Taiz sofre também com a aguda falta de água, alimentos, eletricidade, gás e combustível.

"Estamos profundamente preocupados não só com as restrições impostas para ingressar mercadorias no Iêmen, mas também para transportá-las dentro do próprio país. Hoje conseguimos distribuir alimentos e ajuda básica a algumas pessoas deslocadas na periferia de Taiz, mas continua sendo muito difícil ingressar mercadorias essenciais na cidade, o que leva a uma situação humanitária extremamente alarmante", afirma Grand.

O CICV pede a todas as partes em conflito que garantam que todas as medidas necessárias sejam tomadas para proteger os civis e os bens civis, ademais que todas as restrições ao ingresso e ao transporte de mercadorias básicas dentro do Iêmen. As partes devem prestar assistência humanitária ou permitir que as organizações humanitárias o façam com imparcialidade às pessoas mais afetadas pelo conflito.

Veja fotos mais recentes do CICV em Taiz, Iêmen. Algumas imagens são fortes.

Veja também nossa página especial: Armas explosivas em áreas povoadas

Mais informações:
Rima Kamal, CICV Sanaa, tel: +967 1 213844 ou + 967 73 607 1967
Adnan Hizam, CICV Sanaa, tel: + 967 73 372 1659
Sitara Jabeen, CICV Genebra, tel: +41 22 730 25 02 ou +41 79 536 92 48