Vaga: Assessor(a) do Programa Acesso Mais Seguro para Serviços Públicos Essenciais

18 fevereiro 2021

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) é uma organização imparcial, neutra e independente cuja missão exclusivamente humanitária é proteger a vida e a dignidade das vítimas dos conflitos armados e de outras situações de violência, assim como prestar-lhes assistência.

A Delegação Regional do CICV para a Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai busca um(a) candidato(a) qualificado(a) para trabalhar em sua sede em Brasília no cargo de Assessor(a) do Programa Acesso Mais Seguro para Serviços Públicos Essenciais.

Propósito das atividades diárias:

A Delegação Regional de Brasília atua para responder às necessidades de pessoas afetadas pela violência armada, promove o Direito Internacional Humanitário (DIH) e os Direitos Humanos aplicáveis à função policial. Nossa instituição trabalha com seis prioridades operacionais na região coberta pela DR: os impactos humanitários da violência armada em geral e em serviços públicos essenciais em particular, pessoas desaparecidas e suas famílias, migração, detenção, cooperação com o Movimento e promoção do direito internacional humanitário e dos direitos humanos, quando aplicável.

O/A Assessor(a) do Programa Acesso Mais Seguro para Serviços Públicos Essenciais executa e acompanha as atividades operacionais de implementação do Programa Acesso Mais Seguro (AMS) junto às instituições parceiras sob sua responsabilidade; promove suporte técnico aos parcerios do programa AMS a fim de garantir a consecução das metas operacionais estabelecidas no planejamento estratégico do programa; atua na Delegação como colaborador para as iniciativas globais de Acesso à Educação (A2E) e Assistência à Saúde em Perigo (HCiD).

Descrição do cargo:

• Promover suporte técnico para a garantia da implementação do AMS junto aos parceiros sob sua responsabilidade, visando a sustentabilidade do processo e sempre que necessário, participar e fomentar a realização de reuniões estratégicas;
• Promover o monitoramento das atividades operacionais sob sua responsabilidade, garantindo a consecução dos resultados e metas estabelecidas para o Programa;
• Realizar análise periódica dos resultados alcançados junto aos parceiros, com vistas a identificação e implementação de estratégias operacionais específicas;
• Utilizar de forma adequada e padronizada os instrumentos metodológicos e mecanismos de implementação do AMS (treinamento de treinadores, oficinas, guias metodológicos, etc.).
• Fomentar a correta utilização da Plataforma Digital AMS como principal fonte de coleta de dados referente aos incidentes de segurança que afetam os serviços parceiros, bem como outros instrumentos e mecanismos estratégicos que venham a ser desenvolvidos.
• Elaborar relatórios periódicos de implementação do programa e apresentá-los aos respectivos parceiros.
• Participar ativamente das revisões metodológicas quando necessário, visando a adaptabilidade da metodologia ao contexto situacional e sua sustentabilidade.
• Em parceria com a equipe AMS contribuir com a sustentabilidade da Rede de Acesso Mais Seguro.
• Fomentar discussões sobre a temática Acesso à Educação (A2E) e Assistência à Saúde em Perigo (HCiD) em âmbito acadêmico e governamental, apoiando o estabelecimento de Comunidades de Interesse.
• Apoio na organização de seminários, oficinas e eventos relacionados às atividades do AMS e iniciativas vinculadas;
• Contribuir com a elaboração e orçamentos das atividades operacionais do AMS, com o controle dos gastos respeitando os procedimentos administrativos e logísticos da organização;
• Manter um bom fluxo da informação interna, especialmente com o Responsável Técnico do Programa Acesso Mais Seguro e com o Responsável do Programa Acesso Mais Seguro.
• Desenvolver e manter uma rede de contatos com instituições governamentais, não-governamentais e outras que atuam no campo da Saúde, Educaçao e Assistência Social, em particular em áreas afetadas pela violência armada em meio urbano estratégicos;
• Elaborar as avaliações intermediárias e finais da implementação das metodologias AMS nos municípios parceiros.

Requisitos mínimos de conhecimentos e experiência:

• Formação universitária preferencialmente na área de educação. Serão considerados também candidatos com formação universitária na área de ciências Sociais, Humanas e/ou Biológicas;
• Conhecimento e/ou experiência comprovada em articulação interinstitucional, com desejável experiência em órgãos do Governo Federal, Estadual ou Municipal;
• Experiência na execução operacional de programas e/ou políticas públicas;
• Desejável conhecimento e experiência sobre os efeitos da violência armada em meio urbano nos serviços públicos essenciais e seu impacto nas populações afetadas;
• Desejável conhecimento técnico ou experiência comprovada em matéria de conformação e estrutura da Rede Pública de Ensino brasileira:
• Fluência em inglês (oral e escrita) e desejável conhecimento avançado em espanhol (escrita e oral);
• Fluência em português, com excelente capacidade de redação e habilidade de expressão formal;
• Bom conhecimento prático de informática (Word, Excel, Power Point, Internet);
• Disponibilidade para viagens profissionais no Brasil e no exterior;
• Possuir visto de trabalho no Brasil ou ser cidadão do Mercosul e países associados.

Sua atitude é tudo:

• Boa capacidade de negociação;
• Habilidade para trabalhar em equipe;
• Interesse para trabalho humanitário e em trabalho social;
• Excelente capacidade de relacionamento;
• Excelente capacidade de negociação e articulação interpessoal;
• Excelente capacidade de comunicação, análise e apresentação;
• Boa capacidade para lidar e negociar com públicos heterogêneos e multi-setoriais;
• Habilidade de escuta, empatia e flexibilidade.

O que oferecemos:

• O CICV valoriza a diversidade e está comprometido em criar um ambiente de trabalho inclusivo. Aceitamos inscrições de todos os candidatos qualificados;
• A oportunidade de entrar para uma organização humanitária atuante em cem países, parte da maior rede humanitária do mundo e a mais antiga;
• Desenvolvimento profissional e pacote de benefícios estimulantes;
• Uma equipe única, global, remota e diversa;
• Você trabalhará no escritório do CICV em Brasília, Brasil.

Informações adicionais:

• Data de início: 04/2021;
• 40 horas semanais;
• Contrato de exclusividade e de prazo indeterminado.

Os(as) interessados(as) devem encaminhar Carta de Motivação e Currículo para o endereço eletrônico bra_recruitment_services@icrc.org indicando no campo assunto "Assessor(a) do Programa Acesso Mais Seguro para Serviços Públicos Essenciais – Nome Sobrenome (do(a) candidato(a))". Data limite para candidatura: 07/03/2021