Azerbaijão

No Azerbaijão, o CICV apoia famílias de pessoas desaparecidas, ajuda detidos em relação com o conflito ou questão de segurança ou pessoas que estão em condições vulneráveis. Além disso, atua em questões de saúde, como tuberculose nos presídios, e monitora a situação de comunidades na fronteira com a Armênia.

Notícias
Em números

Fatos e Números em 2014

  • 1.786
    civis que moram perto da linha de frente obtiveram melhor acesso a água potável.
  • 10
    internados civis foram repatriados, e os restos mortais de duas pessoas foram entregues aos seus respectivos lados.
  • 665
    famílias que moram perto da linha de frente receberam ajuda econômica.
  • 800
    pessoas com familiares desaparecidos receberam apoio psicológico.
  • 32
    famílias puderam contar com a construção de muros ou a remodelação de suas casas, ficando assim mais protegidas contra os tiroteios.

Receba o boletim do CICV