Afeganistão: apelo à liberação segura e incondicional da equipe do CICV

18 fevereiro 2017

Cabul / Genebra (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) pede a liberação segura e incondicional de dois funcionários sequestrados quando o comboio em que estavam foi alvo de uma emboscada, em 8 de fevereiro, na província de Jawzjan. O ataque resultou na morte de seis membros da equipe da organização.

"Apelamos ao sentido de humanidade dos sequestradores e pedimos a liberação imediata, segura e incondicional dos nossos colegas", afirmou a chefe da delegação do CICV no Afeganistão, Monica Zanarelli. "Também pedimos que evitem qualquer ação que possa colocar a vida deles em perigo. Não queremos que a agonia e o sofrimento dessa tragédia se aprofundem."

Também fazemos um apelo às autoridades e grupos armados em operação na área que façam todo o possível para garantir a liberação segura dos dois membros da nossa equipe, evitando qualquer ação que possa pôr as suas vidas em risco.

O CICV trabalha há três décadas no Afeganistão, assistindo de forma imparcial as vítimas do conflito com assistência à saúde, distribuição de alimentos, restabelecimento de laços familiares e tratamento digno dos restos mortais. Somos uma organização neutra, imparcial e independente cuja missão é exclusivamente humanitária.

Após o assassinato injustificável dos seis funcionários e o sequestro de outros dois, todas as atividades do CICV no Afeganistão foram suspensas.

Mais informações:
Thomas Glass, CICV Cabul (inglês), tel: +93 (0) 729 140 510
Ahmad Ramin Ayaz, CICV Cabul (dari and paxto), tel: +93 (0) 794 618 908
Anastasia Isyuk, CICV Genebra (inglês), tel: +41 79 251 9302
Marie-Claire Feghali, CICV Genebra (inglês), tel: +41 79 536 92 31

Receba o boletim do CICV