Colômbia: ajuda para mil pessoas que sofrem com falta de comida em Nariño

25 setembro 2015

Homens e mulheres formam uma fila para carregar e organizar os sacos de implementos agrícolas que podem garantir a comida para todo um ano. Foto: CC BY-NC-ND/CICV/Patricia Rey

Bogotá-Genebra (CICV) – A ajuda humanitária está sendo distribuída em dezessete caminhões entre cerca de 250 famílias de Barbacoas (Nariño, sudoeste da Colômbia) que tiveram sua mobilidade restringida pela presença de grupos armados em seu território. Mais de 170 toneladas de insumos agrícolas serão entregues até hoje em quatro comunidades rurais.

"Organizamos essa operação humanitária para levar alívio a quase mil pessoas, a metade delas eram crianças, que sobreviviam com apenas uma ou duas refeições diárias e de péssima qualidade", explicou o chefe do escritório do CICV em Pasto, Giovanni Trambaiolo. "Essas famílias tinham perdido seu sustento, ao não poderem criar animais nem cultivar, pois é perigoso se afastar de suas casas".

A ajuda que o CICV distribui consiste em sementes, adubo e implementos para cultivar banana, mandioca e cana de açúcar; galinhas poeira e concentrado para animais, assim como sete moinhos para produzir mel a partir da cana. Durante os próximos oito meses, técnicos do CICV continuarão visitando a zona e vão oferecer capacitação sobre preparação do solo, semeadura, controle de pragas e doenças, e criação de animais.

Graças a essa ajuda, as famílias têm assegurada sua alimentação por cerca de um ano. No entanto, é urgente que todos grupos armados compreendam a importância de respeitar a população e permitam que as pessoas tenham acesso aos alimentos e bens de primeira necessidade.


Mais informações:

Patricia Rey, CICV, Bogotá, tel.: +57 311 491 07 89, Twitter: @PReyCICR
Alexis Heeb, CICV, Genebra, tel.: +41 79 2187610, Twitter: @AHeebICRC