Declaração sobre o Afeganistão do diretor-geral do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Robert Mardini

17 agosto 2021
Declaração sobre o Afeganistão do diretor-geral do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Robert Mardini

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) está aliviado ao ver que a cidade de Cabul está evitando o que poderia ter sido uma guerra urbana devastadora. No entanto, continua atento aos milhares de pessoas da população civil que estão feridas e foram deslocadas em decorrência dos últimos combates em outros centros urbanos. O CICV está determinado a apoiar o povo afegão e ajudar homens, mulheres e crianças a superarem a atual situação.

O Afeganistão atravessa uma transição cujo resultado é difícil de prever tanto para a população do país como para nós. Mas sabemos que as necessidades humanitárias continuarão altas.

Desde 1º de agosto, mais de 7,6 mil pacientes com ferimentos causados por armas receberam tratamento em estabelecimentos de saúde apoiados pelo CICV em todo o país. Nos meses de junho, julho e agosto, mais de 40 mil pessoas feridas por armas foram tratadas nesses estabelecimentos de saúde.

As nossas equipes de saúde e reabilitação física esperam receber pacientes durante os próximos meses e anos que buscam tratamento para se recuperarem de ferimentos causados por artefatos explosivos espalhados pelo país, muitos dos quais colocados nas últimas semanas. É comovedor ver as nossas alas cheias de crianças e jovens que perderam membros do corpo.

Há muito tempo, as necessidades humanitárias no Afeganistão têm sido altas e, sobretudo nos últimos anos, elas nem sempre foram atendidas por completo.

Atualmente, o CICV tem um déficit de financiamento de cerca de 30 milhões de francos suíços (33 milhões de dólares), de um orçamento de aproximadamente 79 milhões de francos suíços (86 milhões de dólares). Fazemos um apelo de fundos aos doadores para um financiamento adicional imediato que tem como objetivo apoiar o nosso trabalho, incluindo na área médica e nos nossos centros de reabilitação física.

O CICV está presente no Afeganistão desde 1987. Há anos, a nossa equipe trabalha para proteger e ajudar as pessoas necessitadas nas áreas controladas pelo Talibã e temos canais abertos com líderes locais e de alto escalão. Continuaremos trabalhando lado a lado com o Crescente Vermelho Afegão para ajudar as pessoas cujas vidas foram marcadas pela guerra.

- Robert Mardini, diretor-geral do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), Genebra

Uma declaração em vídeo (em inglês) de Robert Mardini está disponível para uso em nossa sala de imprensa. 

Mais informações:
Najum Iqbal (inglês), CICV Genebra, nulsaqibiqbal@icrc.org , +41 79 217 32 17
Florian Seriex (francês), CICV Genebra, fseriex@icrc.org, +41 79 574 06 36