Etiópia: as necessidades humanitárias em primeiro lugar em 2019

Fatos e números

03 fevereiro 2020
Etiópia: as necessidades humanitárias em primeiro lugar em 2019

O CICV está presente na Etiópia desde o início do conflito armado etíope-somali de 1977. Nosso trabalho sempre foi abordar as necessidades humanitárias das pessoas afetadas pelos conflitos e a violência, através de uma resposta integrada e multidisciplinar, e de um diálogo de proteção reforçado com os portadores de armas, com a visita a centros de detenção para garantir que o tratamento e as condições dos detidos estejam em conformidade com os padrões internacionais.

Em 2019, o CICV visitou mais de 51 mil detidos para melhorar tanto as condições de detenção quanto o tratamento delas. Nossas equipes trabalharam com a Cruz Vermelha da Etiópia para intercambiar mais de 2,1 mil mensagens cruz vermelha entre membros de famílias separadas pelos conflitos, a violência e outras situações humanitárias.

Destaques do nosso trabalho na Etiópia em 2019

 51,1 mil detidos foram visitados em 66 centros de detenção diferentes
 Fornecemos assistência material, incluindo cobertores, roupas, material higiênico e educacional a 36,8 mil detidos
 Fornecemos mais de 108 mil chamadas telefônicas gratuitas a refugiados e retornados
 Fornecemos suprimentos médicos básicos e kits de emergência a 20 unidades de assistência primária à saúde e 13 hospitais
 Distribuímos abrigos de plástico, tapetes para dormir, cobertores, garrafões, sabão e utensílios de cozinha para mais de 68,8 mil pessoas deslocadas
 Distribuímos sementes e equipamentos agrícolas para 82,1 mil pessoas afetadas pela violência étnica
 Levamos acesso a serviços de reabilitação física a 10,4 mil pessoas com deficiência