ICRC / Till Mayer

Etiópia: CICV pede respeito à vida e aos bens dos civis em meio a crescentes tensões em Tigray e outras regiões do país

Adis Abeba (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) exorta as partes em conflito no norte da Etiópia a respeitar a vida e os bens dos civis, assim como seu acesso à assistência à saúde oportuna.
Comunicado de imprensa 06 novembro 2020 Etiópia

"Estamos profundamente preocupados que uma escalada militar no norte da Etiópia possa desencadear uma emergência humanitária mais ampla, na qual as pessoas sejam deslocadas de suas casas e não possam satisfazer suas necessidades básicas", afirmou Katia Sorin, chefe da delegação do CICV na Etiópia. "Isto pode ser evitado se as vidas e os bens dos civis forem protegidos e respeitados."

O CICV acompanha de perto os acontecimentos no norte da Etiópia, por meio de suas equipes em Adis Abeba e Mekelle, e está pronto para prestar assistência humanitária conforme as necessidades. Seu parceiro, a Cruz Vermelha da Etiópia, é um dos maiores provedores de ambulância na região. "O acesso desimpedido das ambulâncias e equipes da Cruz Vermelha aos feridos e necessitados será essencial em caso de uma escalada dos combates", disse Sorin.

A atual ação militar no norte da Etiópia ocorre após episódios recorrentes de violência que eclodiram em todo o país. Muitas pessoas foram mortas, feridas e deslocadas em diferentes regiões.

O CICV tem uma longa presença no norte da Etiópia, onde ajuda as pessoas afetadas por diferentes situações de violência. As atividades incluem a garantia de acesso a instalações de água potável e saneamento, a distribuição de utensílios domésticos básicos e o fornecimento de ajuda financeira. O CICV também responde às necessidades criadas pela violência em outras partes do país, como Oromia, Benishangul-Gumuz, Amhara e Região Somali .

Mais informações:

Zewdu Ayalew, CICV Adis Abeba, zayalew@icrc.org, +251 911 614 336
Crystal Wells, ICRC Nairóbi, cwells@icrc.org, +254 716 897 265
Jason Straziuso, CICV Genebra, jstraziuso@icrc.org, +41 79 949 3512