Guiné-Bissau: reabilitação física beneficia 1,8 mil pessoas

24 fevereiro 2017
Guiné-Bissau: reabilitação física beneficia 1,8 mil pessoas
Com o apoio do CICV, Centro de reabilitação motora (CRM) realizou o tratamento de mais de 1,8 mil pessoas em 2016. José Cendon/CICV

Em 2016, o CICV em Guiné-Bissau realizou atividades que apoiaram a segurança econômica de mais de 5,6 mil pessoas no norte do país, apoiou o centro de reabilitação física que atendeu 1,8 mil pacientes, trabalhou em cooperação com a Cruz Vermelha local e realizou jornadas de sensibilização de militares com relação ao Direito Internacional Humanitário (DIH).

Reabilitação física

Em Bissau, o Centro de reabilitação motora (CRM), apoiado pelo CICV, realizou o tratamento de mais de 1,8 mil pessoas. O CRM confeccionou 165 artigos ortopédicos (próteses e ortéses) para vítimas de minas e portadoras de outras defciências e distribuiu 62 cadeiras de rodas e 82 pares de muletas. O CRM continuou a assumir o tratamento dos amputados vindos de Ziguinchor, Senegal, de acordo com o acordo estabelecido entre o centro nacional de ação anti-minas de Senegal (CNAMS) e o CICV; 63 amputados, vítimas de minas ou engenhos explosivos receberam próteses produzidas no CRM, facilitando desta forma a sua reinserção em actividades sociais e económicas.

O CRM, apoiado pelo CICV, continuou em 2016 o tratamento de crianças com pés tortos. Cerca de 50 novas crianças deficientes foram tratadas (totalizando 101 crianças desde o início do projecto no ano passado). Foram distribuídas 52 ortóteses para os pacientes, em diferentes estádios do tratamento, e foram apoiadas 13 crianças nos tratamentos de fisioterapia.

Além disso, foram realizadas 22 cirurgias levadas a cabo pela equipa de cirurgiões ortopédicos do hospital nacional Simão Mendes em Bissau.

Segurança econômica

Famílias de refugiados senegaleses no norte de Guiné-Bissau e famílias acolhedoras passaram a ter maior segurança econômica por meio de serviços veterinários prestados que melhoraram a saúde animal. Foram organizados 20 encontros para sensibilizar os criadores de gado. Esta sensibilização permitiu aos auxiliares vacinarem 4.805 animais e de desparasitar 8,1 mil animais, beneciando 5,6 mil pessoas.

Prevenção

Um total de 630 militares guineenses foram sensibilizados sobre o DIH e informados das atividades do CICV no mundo em geral e em particular na Guiné-Bissau. Também foram beneficiados com sessões de difusão sobre a mesma matéria com ênfase no diálogo entre o CICV e as forças de manutenção de paz 350 militares e policias do contingente de ECOMIB, força de alerta da CEDEAO, estacionada na Guiné-Bissau.

Cooperação

O CICV apoia os esforços da Cruz Vermelha de Guiné-Bissau (CVGB) no desenvolvimento das suas atividades de assistência às populações vulneráveis, no restabelecimento de laços familiares e na prestação dos primeiros socorros.

Fatos e Números do CICV em Guiné-Bissau em 2016

Receba o boletim do CICV