Iêmen: CICV condena os ataques em Hodeida com alto custo para os civis

03 agosto 2018
Iêmen: CICV condena os ataques em Hodeida com alto custo para os civis

Sanaa (CICV): O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) condena os ataques na cidade costeira de Hodeida que causaram mortes e ferimentos de inúmeros civis na quinta-feira.

"Os fatos que ocorreram em Hodeida são terríveis. O desrespeito ao Direito Internacional Humanitário (DIH) no Iêmen não pode ser tolerado. Embora não se conheçam as circunstâncias exatas das explosões terrestres, esta falta de respeito pela vida e bens dos civis é deplorável", declarou o chefe da delegação do CICV no Iêmen, Johannes Bruwer.

Morreram 55 civis e 170 ficaram feridos quando uma série de explosões sacudiu os distritos densamente povoados da cidade, incluindo uma feira de pescadores e a área ao redor do Hospital Al-Thawra, apoiado pelo CICV, que é um dos maiores e mais movimentados de Hodeida. Duas ambulâncias também foram destruídas.

"Segundo o DIH, a população civil, os profissionais de saúde, as ambulâncias e os estabelecimentos devem ser respeitados e protegidos em todas as circunstâncias, e o trabalho dos profissionais deve ser facilitado", afirmou Bruwer. O CICV entregou material cirúrgico para assistir pessoas gravemente feridas, bem como sacos mortuários, ao Hospital Al-Thawra após os ataques. Isso é parte do apoio regular do CICV aos hospitais de Hodeida para aumentar a capacidade de lidar com os feridos nos últimos 18 meses.

Mais informações:

Mirella HODEIB, CICV Sanaa +967736071967
Adnan HIZAM, CICV Sanaa, +967 73 372 165