Iêmen: CICV consegue um importante avanço com visitas a detidos relacionados com o conflito em Aden

11 fevereiro 2018
Iêmen: CICV consegue um importante avanço com visitas a detidos relacionados com o conflito em Aden

Sanaa/Aden/Genebra (CICV) – Com um importante avanço que permitirá que muitas famílias conheçam a sorte dos seus entes queridos, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) acaba de concluir a primeira ronda de visitas a 279 pessoas detidas em uma grande unidade de detenção em Aden.

"As visitas em Aden nos incentivaram, ao serem as primeiras realizadas aí em quase três anos de hostilidades", declarou o presidente do CICV, Peter Maurer. "Contribuem para a dinâmica positiva gerada por visitas como essas a detidos relacionados com conflitos em curso em Sanaa desde novembro de 2017."

Centenas de famílias em todo o Iêmen e fora do país entraram em contato com o CICV nos últimos anos ansiosas por ter pistas sobre a sorte dos seus entes queridos. Algumas não sabiam se os familiares desaparecidos estavam mortos ou vivos.

"O meu filho está vivo? A resposta a esta pergunta simples, a possibilidade de saber a sorte de um familiar desaparecido, contribui para construir uma confiança mútua entre as comunidades iemenitas", afirmou o chefe da delegação do CICV no Iêmen, Alexandre Faite.

O CICV gostaria de reconhecer os esforços feitos pelas partes em conflito que possibilitaram que as visitas acontecessem. O CICV no ano passado visitou 11 mil pessoas detidas no Iêmen.

"Por mais positivas que essas visitas a Aden e Sanaa sejam, ainda há muito que fazer. Incentivamos todos os lados em conflito no Iêmen a concederem acesso a todas as pessoas detidas em relação com o conflito em curso. As visitas aos detidos são um imperativo humanitário que só traz benefício a todas as partes", acrescentou Faite.

O CICV trabalha no mundo todo para garantir as condições humanas de detenção mediante visitas regulares, encontros com os detidos para monitorar as suas condições e os tratamento que recebem, e ocasionando melhorias.

As constatações do CICV são discutidas de maneira confidencial com as autoridades pertinentes.

Mais informações:
Mirella Hodeib, CICV Sanaa, +967 73 050 0719
Adnan Hizam, CICV Sanaa, +967 73 372 1659
Iolanda Jaquemet, CICV Genebra, +41 79 447 37 26