Restauração dos meios de subsistência dos criadores de gado na região Somali da Etiópia

O CICV e a Cruz Vermelha da Etiópia trabalham para ajudar 25 mil proprietários de animais

11 fevereiro 2020
Restauração dos meios de subsistência dos criadores de gado na região Somali da Etiópia
Participantes do programa pastoreando cabras enquanto se preparam para colocar vacinas na cidade de Fik, zona de Erer, na região Somali. Foto: Dr. Abdiselam Mohammed / CICV

A Cruz Vermelha lançou um programa destinado a ajudar as pessoas afetadas pela violência étnica nos distritos de Meyumuluka e Qubi da zona de Erer, na região Somali, no leste da Etiópia, para oferecer acesso a serviços veterinários de maneira móvel e sustentável.

O programa, realizado pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e a Cruz Vermelha da Etiópia, em parceria com o Departamento de Desenvolvimento Pastoril e de Recursos Pecuários da Região Somali, tem como objetivo beneficiar cerca de 25 mil famílias de criadoras de gado (150 mil pessoas) de dois distritos.

Foram selecionadas 28 pessoas dentro da comunidade nos dois distritos, que receberam um treinamento intensivo de três semanas em serviços veterinários fornecido por veterinários do Departamento de Desenvolvimento Pastoril, como parte do programa. Ao concluir o treinamento, cada participante recebeu um kit de equipamentos e medicamentos veterinários.

Em breve, também serão instaladas duas farmácias veterinárias, que fornecerão medicamentos de maneira sustentável e a preços razoáveis, nas principais cidades dos dois distritos.

O apoio às comunidades locais com treinamento, medicamentos e equipamentos relevantes terá um impacto significativo no controle de doenças e na saúde dos animais, o seu principal meio de subsistência, de acordo com o Dr. Zelalem Yaecob, veterinário que trabalha com o CICV.

Como parte do programa, em breve será realizada uma campanha de vacinação de gado contra três doenças importantes nos dois distritos.

Na Etiópia, o CICV trabalha em estreita colaboração com a Cruz Vermelha da Etiópia para oferecer apoio econômico às pessoas afetadas pelos conflitos intercomunitários ou étnicos em diferentes regiões com o objetivo de fornecer meios vitais de produção às populações afetadas, para que possam restaurar seus meios de subsistência.