Página arquivada:pode conter informações antigas

Sudão: assistência médica às pessoas afetadas pelos confrontos em Darfur Norte

26-02-2013 Comunicado de imprensa 13/30

Cartum/Genebra (CICV) – Depois de que dezenas de pessoas perderam as suas vidas e muitas outras foram feridas em confrontos tribais entre os dias 21 e 23 de fevereiro, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) e o Crescente Vermelho Sudanês entregaram material médico ao hospital em Al Sireaf e evacuaram as pessoas gravemente feridas da cidade de Darfur Norte.

Também forneceram material médico para hospitais em Saraf Omra e Al Junaina, para onde as pessoas feridas nos confrontos foram levadas.

No início de Janeiro, as tensões e os confrontos tribais em Jebel Amer, em Darfur Norte, resultaram no deslocamento de dezenas de milhares de pessoas, que se dispersaram, principalmente, em cinco lugares: Kabkabiya, Al Sireaf, Saraf Omra, Garra Al Zawia e Abu Gamra.

"O CICV e Crescente Vermelho Sudanês estavam em Al Sireaf quando os confrontos mais recentes aconteceram", disse o chefe da subdelegação do CICV em Al Fashir, Timothy Yates. "Entregaram ao Hospital Rural de Al Sireaf material médico suficiente para atender mais de cem pacientes feridos. A equipe de saúde do CICV ajudou a equipe do hospital a atender as vítimas." O CICV também organizou a evacuação de 33 pacientes gravemente feridos de Al Sireaf em helicópteros da UNAMID (Missão Africana das Nações Unidas em Darfur). Os pacientes foram levados para Al Fashir, onde foram entregues aos cuidados do Ministério da Saúde do estado de Darfur Norte.

"Desde o início de janeiro, quando os confrontos tribais começaram em Jebel Amer, estamos em contato regular com as pessoas que representam um papel político, humanitário ou de segurança crucial nessa área, assim como com os líderes tribais, com o objetivo de entender melhor a situação humanitária e proporcionar uma resposta adequada", disse Yates. "Esses contatos permitem que nós e o nosso parceiro-chave, o Crescente Vermelho Sudanês, entremos nas áreas afetadas pelo confronto levando a tão necessária assistência humanitária."

O deslocamento da população desde o início de janeiro gera pressão sobre os já parcos recursos hídricos. Desde então, o CICV já consertou 22 bombas manuais, instalou seis tanques flexíveis nas áreas onde as pessoas deslocadas se reuniram e doou um gerador e outros artigos para ajudar a manter o fornecimento de água para o Hospital Rural de Al Sireaf. No total, mais de 20 mil pessoas foram beneficiadas.

Depois de avaliar vários centros de assistência à saúde, o CICV doou aos estabelecimentos de Al Sireaf e Saraf Omra material de emergência suficiente para cobrir as necessidades básicas de mil pacientes em cada um dos hospitais durante três meses. Se for necessário, mais material será fornecido.

Diversas crianças em Garra Al Zawia, cujas famílias estão em Al Sireaf, foram cadastraads pelo CICV e pelo Crescente Vermelho Sudanês e serão reunidas com os seus entes queridos uma vez que a situação permita.

O CICV trabalha no Sudão desde 1978 e em 2004 estendeu as suas operações a Darfur, onde presta assistência às vítimas de conflitos armadas e outras situações de violência.

Mais informações:
Adil Sharif, CICV Cartum (árabe), tel: +249 1 83 476 464 ou +249 91 213 77 64
Rafiullah Qureshi, CICV Cartum (inglês), tel: +249 1 83 476 464 ou +249 912 170 567
Jean-Yves Clémenzo, CICV Genebra, tel: +41 22 730 22 71 ou +41 79 217 32 17

Foto

Darfur Norte. Um delegado de saúde do CICV atende uma pessoa ferida no hospital rural de Al Sireaf. 

Darfur Norte. Um delegado de saúde do CICV atende uma pessoa ferida no hospital rural de Al Sireaf.
© CICV / T. Yates

Uma pessoa ferida de guerra é evacuada de helicóptero de Al Sireaf para Al Fashir. 

Uma pessoa ferida de guerra é evacuada de helicóptero de Al Sireaf para Al Fashir.
© CICV / T. Yates