Conflito Nagorno-Karabakh: CICV está pronto para facilitar entrega dos corpos dos mortos em combate e a libertação de detidos

Conflito Nagorno-Karabakh: CICV está pronto para facilitar entrega dos corpos dos mortos em combate e a libertação de detidos

Genebra (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) saúda o acordo de cessar-fogo humanitário para a escalada do conflito em Nagorno-Karabakh e está pronto, na condição de intermediário neutro, para facilitar a entrega dos corpos dos mortos em combate e a simultânea libertação dos detidos.
Comunicado de imprensa 10 outubro 2020

"O CICV tem uma longa história como intermediário neutro em conflitos no mundo todo. Esperamos que esta operação possa avançar rapidamente para que os corpos dos que morreram em combate possam ser entregues aos familiares e o luto seja realizado com dignidade", afirmou em Genebra Martin Schüepp, diretor regional do CICV para a Eurásia. "Também estamos aqui para facilitar a libertação dos detidos pelas partes em conflito, a fim de que eles possam se reunir com suas famílias."

Com a escalada das hostilidades, no final de setembro, o CICV ofereceu seus serviços para responder às necessidades humanitárias e atuar como um intermediário neutro entre as partes. A organização não está envolvida nas negociações políticas.

Segundo o Direito Internacional Humanitário (DIH), que rege os conflitos armados, as partes em conflito têm a obrigação de localizar e evacuar as pessoas falecidas sem fazer distinção do lado para o qual combateram. O CICV está disponível para prestar assessoramento técnico às partes para identificar os corpos de acordo com o DIH e, desse modo, facilitar seu retorno.

"Mantemos um diálogo regular com as partes e expressamos nossa disposição de participar em novas discussões sobre a natureza do envolvimento do CICV, a fim de apoiar o retorno dos detidos e dos restos mortais, incluindo as garantias de segurança e logística para nossas equipes", disse Schüepp. "Também esperamos que esse acordo se traduza em um alívio significativo para as famílias após semanas de intensos combates."

Após a última escalada mortal do conflito ao longo da linha de contato, em abril de 2016, o CICV apoiou as partes na realização de operações semelhantes. Na época, graças aos esforços de coordenação, foi possível entregar todos os corpos às famílias, evitando assim que novos nomes fossem adicionados à lista de mais de 4.500 pessoas que continuam desaparecidas após o início dos confrontos, em 1992. Desde que começou a trabalhar em relação ao conflito de Nagorno-Karabakh, naquele mesmo ano, o CICV tem ajudado repetidamente as autoridades com tais operações.

 

Mais informações:
Zara Amatuni, delegação do CICV em Yerevan, tel: +374 99 011 360
Ilaha Huseynova, delegação do CICV em Baku, tel: +994 50 316 00 24
Eteri Musayelyan, missão do CICV em Nagorno-Karabakh, tel: +374 97 29 80 85
Crystal Wells, CICV Nairóbi, tel: +254 716 897 265