Cúpula Mundial Humanitária: Istambul e as perspectivas

18 maio 2016
Cúpula Mundial Humanitária: Istambul e as perspectivas
© Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho / Majda Shabbir / Majda Shabbir

As perspectivas e os compromissos do Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho por ocasião da Cúpula Mundial Humanitária

Na véspera da primeira Cúpula Mundial Humanitária (CHM), o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho oferece a sua perspectiva e experiência na ação humanitária como uma contribuição para a conversa global motivada por esse evento. A CMH é uma oportunidade para nós de considerarmos as nossas fortalezas e fraquezas perante as necessidades humanitárias atuais, que crescem e mudam cada dia com mais rapidez.

No seu relatório Istambul e as perspectivas o Movimento esclarece o seu posicionamento sobre diversas questões que deveriam estar entre os principais assuntos da agenda humanitária, como:

  • princípios humanitários;
  • acesso e proximidade;
  • Direito Internacional Humanitário;
  • prestação de contas para as pessoas que atendemos;
  • segurança dos voluntários;
  • violência sexual e de gênero;
  • serviços de saúde em crise

O relatório também estabelece os nossos compromissos e faz um apelo para a ação relacionada a essas questões.

Cúpula Mundial Humanitária: Istambul e as perspectivas (em inglês)