Declaração sobre o Iêmen: ofensiva contra Hodeida intensificará a situação humanitária catastrófica

13 junho 2018

Uma declaração de Robert Mardini, diretor regional para Oriente Médio do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), sobre a situação em Hodeida, Iêmen.

  •  A mais recente ofensiva contra Hodeida provavelmente intensificará uma situação humanitária já catastrófica no Iêmen. A população já está enfraquecida a níveis extremos.
  • Os vínculos com o mundo exterior precisam ser mantidos, incluindo o porto de Hodeida e o aeroporto de Sanaa. Pessoas e famílias de verdade sofrerão se os alimentos não ingressarem e estamos preocupados com o fato de as operações militares atuais continuarem impedindo a chegada de gêneros de primeira necessidade.
  • O CICV já preparou alimentos, material médico, sistemas de purificação de água e saneamento para serem enviados Hodeida. Mas esses artigos vitais não podem ser entregues àqueles que mais precisam enquanto houver confrontos.
  • Estamos preocupados com relação à infraestrutura básica de Hodeida, incluindo redes de água e energia elétrica, que são vitais para a sobrevivência da população civil.
  • O CICV, trabalhando em conformidade com o Direito Internacional Humanitário (DIH) – insta todas as partes em conflito a respeitarem a vida dos civis ao tomarem todas as medidas possíveis para protegê-los e permitirem a passagem segura daqueles que querem fugir dos confrontos. Todas as pessoas capturadas com relação às hostilidades em curso devem ser tratadas com humanidade e o CICV deve ter acesso a todos os lugares de detenção onde estas pessoas estão. 

 

Mais informações:

Marie Claire FEGHALI, CICV Genebra, +41 79 536 92 31

Iolanda JAQUEMET, CICV Genebra, +41 79 447 37 26

Adnan HIZAM, CICV Sanaa, tel. : +967 73 372 1659