Iraque: ajuda chega a milhares de deslocados na região oeste de Ramadi, devastada pela guerra

24 março 2016

Bagdá/Genebra (CICV) - As equipes do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) distribuíram, hoje, ajuda a mais de 12 mil deslocados que sobrevivem em condições desesperadoras, no oeste de Ramadi, centro do Iraque, após terem fugido dos combates na cidade vizinha de Hit.

"Passamos pela cidade de Ramadi e vimos um nível de destruição sem precedentes. Não havíamos visto nada assim antes no Iraque", declarou o chefe do escritório do CICV em Ramadi, Malek Baklouti, quem supervisionou a distribuição de assistência.

"Estamos extremamente preocupados com outros milhares de pessoas que fogem para as áreas remotas desérticas com pouco ou nenhum acesso à água, comida ou assistência à saúde", afirmou a chefe da delegação no Iraque, Katharina Ritz. "O acesso humanitário regular é crucial para poder ajudar rapidamente às pessoas que precisam desesperadamente de ajuda".

Na semana passada, o CICV também distribuiu ajuda, com enormes dificuldades, para outro grupo de mais de 12 mil pessoas que não podia sair da área Kilo 18, oeste de Ramadi. "As estradas ao oeste da cidade de Ramadi são perigosas e com obstáculos, já que a maioria está muito contaminada com material bélico não detonado e dispositivos explosivos improvisados", acrescentou Baklouti.

A última vez que o CICV realizou operações a partir do escritório de Ramadi foi em maio de 2015. A organização entrega ajuda a comunidades remotas seriamente afetadas pelo conflito. Em 2015, distribuiu alimentos e outro tipo de assistência a mais de 1,35 milhão de deslocados no Iraque, incluindo 200 mil pessoas provenientes de Ramadi e Fallujah.

Mais informações:
Ralph El Hage, CICV Bagdá, tel: +964 790 191 69 27
Sitara Jabeen, CICV Genebra, tel: +41 22 730 2478 or +41 79 536 92 31