Melhorando o sustento e o acesso à assistência à saúde em Moçambique

Fatos e números de 2017

05 março 2018
Melhorando o sustento e o acesso à assistência à saúde em Moçambique

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) está ativo em Moçambique, trabalhando em estreita parceria com a Cruz Vermelha de Moçambique (CVM) para assistir as comunidades mais vulneráveis afetadas pela violência armada. Mantém um diálogo com autoridades públicas, grupos armados e comunidades para conseguir o acesso às pessoas vulneráveis afetadas pela violência armada e proteger as suas vidas e dignidade.

Em 2017, o CICV, em parceria com a Cruz Vermelha de Moçambique (CVM), distribuiu utensílios domésticos básicos e ferramentas e insumos agrícolas para pessoas deslocadas pela violência armada. Nossas equipes melhoraram o acesso à água potável e consertaram ambulâncias para apoiar serviços externos de saúde.

Como parte dos nossos esforços para promover o Direito Internacional Humanitário, o CICV realizou palestras e cursos sobre o DIH.

Destaques do nosso trabalho em Moçambique em 2017:

Distribuímos utensílios domésticos básicos e ferramentas e insumos agrícolas para 91,6 mil pessoas deslocadas pela violência armada nas Províncias de Manica e Sofala;
Reabilitamos 3 clínicas nos distritos de Báruè e Gorongosa, melhorando o acesso à saúde para 74 mil pessoas;
Fornecemos água potável para 36 mil pessoas;
Realizamos palestras sobre o DIH para 73 pessoas no Instituto Superior de Estudos de Defesa de Moçambique;

 

Para mais informações, leia o relatório completo sobre nosso trabalho em Moçambique.

Moçambique relatorio atividades CICV em 2017