O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho faz apelo de 3,1 bilhões de francos suíços para reduzir propagação da COVID-19 e assistir os mais vulneráveis em meio à pandemia

O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho faz apelo de 3,1 bilhões de francos suíços para reduzir propagação da COVID-19 e assistir os mais vulneráveis em meio à pandemia
Distribuição de kits de higiene no Malii/CICV

Genebra, 28 de maio de 2020 – O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho faz um apelo de 3,1 bilhões de francos suíços (3,19 bilhões de dólares americanos) para ampliar com urgência a sua resposta global para reduzir a rápida propagação da COVID-19 e para assistir as pessoas mais vulneráveis do mundo em meio da pandemia.

Este apelo coordenado é baseado no anterior, apresentado em 26 de março de 2020, e visa aumentar os serviços e o suporte para salvar vidas, para abordar os impactos imediatos da pandemia, bem como as suas repercussões sociais e econômicas duradouras.

A cinco meses do seu surgimento, a pandemia ameaçou todos os aspectos da vida das pessoas, ampliou as desigualdades, desestabilizou as comunidades e reverteu os avanços obtidos na última década.

Jagan Chapagain, secretário-geral da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) disse: "Em contextos humanitários frágeis, a pandemia da COVID-19 está criando novas vulnerabilidades para as pessoas que já correm mais riscos. Agora, enfrentamos uma crise dentro de outra crise, com o agravamento da pobreza e da insegurança alimentar, junto com condições econômicas devastadoras e a falta de serviços de saúde pública, de água potável, saneamento e higiene".

"O pessoal e os voluntários locais das Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho estão oferecendo serviços e equipamentos para salvar vidas destinados a conter a propagação da pandemia, e a abordar a deterioração dos meios de subsistência e das situações socioeconômicas das pessoas vulneráveis. Proteger e oferecer apoio a essas comunidades exige um aumento constante e coordenado da ação local da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, junto com os contínuos esforços de resposta globais".

O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho consta de três partes: o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV), e 192 Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

Robert Mardini, diretor geral do CICV, disse: "Essa pandemia está criando necessidades críticas que permanecerão por muito tempo, sejam de apoio à saúde mental, de ajuda médica na zona de conflito ou de assistência em relação aos meios de subsistência. O CICV está trabalhando de mãos dadas com o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho na encruzilhada da pandemia, o conflito armado e a violência, para garantir assistência agora, mas também além dos efeitos imediatos da pandemia, com o objetivo de ajudar as famílias no longo prazo".

- A FICV faz um apelo de 1,9 bilhões de francos suíços (1,95 bilhões de dólares americanos) para oferecer suporte às Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho no fornecimento de assistência à saúde, água e saneamento, e na mitigação dos impactos socioeconômicos nas pessoas mais vulneráveis. Os fundos também fortalecerão as capacidades das Sociedades Nacionais como atores locais que representam um papel chave para prestar estes programas e serviços críticos, e para garantir que seus voluntários/pessoal sejam protegidos e apoiados durante esta crise. Desses 1,9 bilhões de francos suíços, 450 milhões serão elevados através da Secretaria da FICV para oferecer suporte às Sociedades Nacionais.

- O CICV faz um apelo de 1,2 bilhões de francos suíços (1,24 bilhões de dólares americanos) para dar uma resposta nos locais afetados pelos conflitos e a violência, para apoiar os estabelecimentos de saúde e os locais de detenção, para reduzir a propagação e garantir acesso médico às pessoas deslocadas e aos detidos, bem como para oferecer suporte às Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em sua resposta. Isto inclui 366 milhões de francos suíços para oferecer suporte à sua resposta crítica e imediata à COVID-19, e 828 milhões de francos suíços para apoiar as atividades que visam abordar o impacto mais amplo da pandemia. O CICV procura atender às necessidades mais urgentes, o que inclui garantir o acesso à água potável e a condições sanitárias adequadas; apoiar a gestão segura e digna dos restos mortais; e permitir que as comunidades que correm riscos tenham acesso a serviços e informações para salvar vidas.

Desde o surgimento da pandemia, o Movimento oferece apoio às Sociedades Nacionais para aumentar seus serviços de assistência à saúde, o envolvimento da comunidade e as atividades de preparação para a pandemia para populações vulneráveis. As Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em todo o mundo ampliaram a sua resposta para abordar as diferentes necessidades de saúde e socioeconômicas nos seus países. Os voluntários na linha de frente também estão ajudando a rastrear contatos, isolar e tratar pessoas com COVID-19.

O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho é a maior rede humanitária do mundo. Seu pessoal e voluntários baseados na comunidade ajudam as pessoas mais vulneráveis, incluindo aqueles que moram em países com sistemas de saúde e bem-estar social com poucos recursos; as pessoas que estão se recuperando de recentes desastres; migrantes e pessoas deslocadas; aqueles que se encontram em zonas de conflito e enfrentam violência contínua; pessoas em favelas urbanas; detidos; e pessoas que estão sofrendo por causa do impacto socioeconômico da COVID-19.

 

Para obter mais informações:

CICV: Ewan Watson, porta-voz, +41792446470, ewatson@icrc.org
Jason Straziuso, porta-voz, +41 799 949 3512, jstraziuso@icrc.org
Chris Hanger, porta-voz, +41 79 574 06 36, changer@icrc.org

FICV: Laura Ngo-Fontaine, porta-voz, +41 79 570 4418, laura.ngofontaine@ifrc.org
Matthew Cochrane, +41 79 708 43 67, matthew.cochrane@ifrc.org