Síria: como ajudamos em 2016

02 março 2017
Síria: como ajudamos em 2016

Faz seis anos que a crise na Síria começou, deixando mais de 400 mil mortos, 1,5 milhão de feridos e cerca de 8 milhões de deslocados. Quatro de cada cinco sírios vivem hoje na pobreza.

As necessidades humanitárias da população são crescentes. Estima-se que 13,5 milhões de pessoas, metade delas crianças, precisam de assistência imediata. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), em colaboração com o Crescente Vermelho Árabe Sírio, faz todo o possível para oferecer uma resposta neutra e oportuna à atual crise humanitária.

Em 2016, o CICV e o Crescente Vermelho Árabe Sírio realizaram 57 operações humanitárias nas linhas de frente para prestar socorro às áreas sitiadas e de difícil acesso. O CICV também obteve acesso a algumas das comunidades mais vulneráveis, distribuindo água potável, alimentos, assistência à saúde e artigos de higiene. Além disso, a organização ajudou muitos sírios a abrir o seu próprio negócio e a reconstruir a sua vida.

Destaques do nosso trabalho em 2016

15 milhões são beneficiadas hoje por projetos hídricos e de engenharia

13 milhões de pacotes de pão foram distribuídos a mais de 200 mil pessoas em Aleppo, Damasco e zona rural de Damasco, Deir Ezzor e Homs

10 milhões de pessoas receberam alimentos

2,1 milhões de pessoas receberam kits de higiene, toalhas, colchões, cobertores e outros artigos de primeira necessidades 

1,4 milhão de doentes e feridos receberam assistência à saúde

153 mil pessoas receberam roupas de inverno em Aleppo, Homs, Hama, Lattakia, Tartous e na zona rural de Damasco

30 visitas fioram realizadas a presídios centrais

 

Fatos e Números do CICV na Síria em 2016 (completo, em inglês)