Sudão do Sul: equipe de hospital enfrenta decisões difíceis após a intensificação dos combates

15 fevereiro 2017

Com o recrudescimento da violência em fevereiro no estado do Alto Nilo, no Sudão do Sul, os funcionários do hospital Kodok e a equipe de cirurgiões do CICV tiveram de lidar com a chegada de pacientes feridos.

Apesar do cansaço crescente e do medo de que os combates atingissem Kodok, os médicos se esforçaram ao máximo para salvar vidas.

Receba o boletim do CICV