CICV faz um alerta sobre comércio de armas

24 agosto 2015

Durante a primeira conferência dos Estados Partes do Tratado sobre o Comércio de Armas, em Cancun, México (24-27 de agosto), o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) afirma que as transferências irresponsáveis de armas ainda predominam.

 

"Vemos que existe uma enorme disponibilidade de armas para os atores no terreno e que essas armas causam um grande sofrimento.

Muitas pessoas morrem ou são feridas gravemente; hospitais são alvos de ataque; zonas residenciais e escolas são atacadas

Por ora, é impressionante a discrepância entre os compromissos políticos assumidos com o Tratado sobre o Comércio de Armas e a conduta na prática, assim como a facilidade com que as armas são transferidas a atores que obviamente não respeitam o direito internacional."

Receba o boletim do CICV