Libéria: Cruz Vermelha lança música em solidariedade com sobreviventes do ebola

15 fevereiro 2015
Libéria: Cruz Vermelha lança música em solidariedade com sobreviventes do ebola
13 de fevereiro de 2015. Artistas apresentam a música "Let Us Live Together Again". Da esquerda para a direita: Lawrence Logan aka Marvellous, Abigail Vinton, Quincy Borrows, Florence Jlopeh [© Cruz Vermelha da Libéria /Drseyeh B. Acqui]

A Cruz Vermelha da Libéria lançou uma música contra o estigma para apoiar a reinclusão das pessoas que sobreviveram ao ebola nas suas comunidades. Esta iniciativa é parte da resposta do Movimento da Cruz Vermelha/Crescente Vermelha à doença na Libéria.

"Let Us Live Together Again" tem como objetivo aumentar a conscientização pública sobre a discriminação contra os sobreviventes do ebola. A canção promove valores como tolerância, solidariedade e compaixão, além de incentivar as famílias e as comunidades a acolherem aceitarem e conviverem com as pessoas que sobreviveram a essa doença.

Fayiah Tambah, Secretary General of the Liberia National Red Cross Society, speaks to media at a press conference to launch "Let Us Live Together Again"

Ministério de Informações, Cultura e Turismo, Monróvia, Libéria, 13 de fevereiro de 2015. Fayiah Tambah, secretário-geral da Cruz Vermelha da Libéria, em uma coletiva de imprensa para lançar "Let Us Live Together Again" [© Cruz Vermelha da Libéria /Drseyeh B. Acqui]

Fayiah Tamba, secretário-geral da Cruz Vermelha da Libéria, afirma que é crucial que os sobreviventes recebam atenção e respeito ao retornarem às suas comunidades. "À medida que gradualmente vencemos a batalha contra o ebola, podemos ver que a questão da estigmatização ainda precisa ser tratada. As pessoas ainda sentem que devem manter uma certa distância daquelas que sobreviveram".

Florence Jlopeh (left) with Ebola survivors Makuka Sirleaf and Gerald Dennis during the live performance of "Let Us Live Together Again"

Florence Jlopeh (esq.) com os sobreviventes do ebola Makuka Sirleaf e Gerald Dennis durante a apresentação ao vivo de "Let Us Live Together Again" [© Cruz Vermelha da Libéria /Drseyeh B. Acqui]

"A mensagem e o ritmo desta música nos faz lembrar que os sobreviventes são parentes, colegas, vizinhos. Eles precisam da nossa atenção, do nosso amor e devemos incentivá-los a retornar às suas comunidades porque eles são inofensivos. Uma vez que tratamos todos com dignidade, podemos definitivamente pôr um fim ao ebola na África", afirma Tamba.

Ebola survivor Gerald Dennis speaks during the Red Cross press conference.

Sobrevivente do ebola Gerald Dennis fala durante a coletiva de imprensa da Cruz Vermelha. [© Cruz Vermelha da Libéria /Drseyeh B. Acqui]

O Movimento da Cruz Vermelha/Crescente Vermelho insta todos os liberianos a garantirem que os sobreviventes do ebola sejam tratados com respeito e dignidade, desta maneira evitando mais sofrimento.

Desde o início do surto do ebola, o Movimento vem combatendo a epidemia por meio da mobilização social, buscando pessoas que tiveram contato com quem se contagiou, organizando sepultamentos dignos e seguros, proporcionando apoio psicossocial, restabelecendo os serviços de saúde e entregando ajudas financeiras aos sobreviventes e às famílias das vítimas.

Ebola survivor Makuka Sirleaf recounts her experience of stigma to the media.

Sobrevivente do ebola Makuka Sirleaf conta a sua experiência de ser estigmatizada. [© Cruz Vermelha da Libéria /Drseyeh B. Acqui]

"Let Us Live Together Again" foi apresentada ao público durante uma coletiva de imprensa no Ministério de Informações, no dia 13 de fevereiro de 2015. O Movimento da Cruz Vermelha/Crescente Vermelho pede a todos os meios de comunicação na Libéria que divulguem essa música de modo a chegar ao maior público possível. A canção foi produzida em colaboração com a União de Músicos da Libéria.


 

Mais informações:

Oniel Bestman, Cruz Vermelha da Libéria , tel: +231 777 346 356, oniel.bestman@liberian-redcross.org
Anita Dullard, Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, tel: +231 770 472 409, anita.dullard@ifrc.org
Yamila Castro, Comitê Internacional da Cruz Vermelha , tel: +231 776 825 887, ycastromartinez@icrc.org

 

Receba o boletim do CICV