Refugiados burundineses restabelecem contato com a família

28 julho 2016

Desce o início da crise no Burundi em 2015, mais de 250 mil pessoas fugiram aos países vizinhos como Ruanda, Tanzânia, República Democrática do Congo e Uganda. Muitas famílias se separaram na fuga. As pessoas vivem agora com o terror de pensar o que aconteceu com os seus familiares.

 

O CICV trabalha com as Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha para oferecer formas inovadoras de ajudar as famílias refugiadas a refazerem os contatos, como a entrega de cartões SIM para celulares.

Receba o boletim do CICV