Somália: grande fluxo de pessoas ao centro de nutrição infantil

18 maio 2017

Baidoa, Somália (CICV) – O centro de nutrição para crianças desnutridas apoiado pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) em Baidoa, Somália, recebeu mais do dobro de pacientes infantis este ano, em comparação com o ano passado, ressaltando as enormes necessidades alimentícias do país.

"Basta olhar para o nosso centro de nutrição para perceber as grandes necessidades das crianças da Somália", afirma o diretor-geral de operações do CICV, Dominik Stillhart, depois de visitar o centro nesta semana. "A boa notícia é que a assistência está a caminho, mas as carências são enormes."

O centro de nutrição de Baidoa possui atualmente 230 pacientes com menos de 5 anos de idade. Há um ano, havia 100 pacientes nessa época. Em todo o país, o CICV e o Crescente Vermelho Somali perceberam um aumento de 80 por cento na quantidade de crianças desnutridas tratadas nos seus centros de estabilização e clínicas em comparação com o ano passado (12.170 no período janeiro-abril 2017 e 7.086 no mesmo período em 2016).

"A comunidade humanitária deve agir o mais rápido possível para ajudar as seis milhões de pessoas necessitadas na Somália, incluindo 360 mil crianças com desnutrição aguda, de modo que a assistência chegue àqueles que realmente a necessitem com a maior rapidez", diz o chefe da delegação do CICV na Somália, Jordi Raich.

"A comunidade humanitária não pode repetir os mesmos erros quando ocorreu a fome extrema em 2011 na Somália", diz Raich. Uma resposta lenta e, algumas vezes, ineficiente provocou demasiadas mortes seis anos atrás. A recente crise alimentar do país, embora exacerbada pelo clima, foi causada pelo homem, e muitas famílias sofrem por causa dela. A comunidade humanitária em geral deve prestar assistência de modo eficaz onde esta é mais necessária para prevenir milhares de mortes.

Nota a editores: Vídeo b-roll e respectivo roteiro estarão disponíveis para download e transmissão hoje na página web www.icrcnewsroom.org

Mais informações:
Jason Straziuso, CICV Nairobi, tel: + +254 733 622 026
Aurélie Lachant, CICV Genebra, tel: +41 79 244 64 05

Receba o boletim do CICV