Ucrânia: “É difícil compreender a magnitude da destruição”

A seguinte citação é do diretor-geral do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), Robert Mardini, sobre o impacto de 100 dias do conflito armado internacional na Ucrânia:
Artigo 03 junho 2022

"Seria difícil exagerar o quanto o conflito armado internacional na Ucrânia impactou a população civil nos últimos 100 dias. É difícil compreender a magnitude da destruição nas cidades. Casas, escolas e hospitais foram destruídos, e a população civil sofreu os horrores desse conflito em que vidas foram perdidas e famílias foram separadas.

Milhares dessas pessoas vivem com a angústia de não saber o que aconteceu com seus entes queridos, como os familiares de prisioneiros de guerra. De acordo com a Terceira Convenção de Genebra, as partes em conflito devem permitir que o Comitê Internacional da Cruz Vermelha visite todos os prisioneiros de guerra onde estiverem detidos. Embora tenhamos podido visitar alguns prisioneiros de guerra, as partes ainda não nos deram acesso a todos eles. Visitar apenas alguns não é o suficiente.

Também é importante lembrar que algumas regiões não sofreram 100 dias, mas oito anos de conflito armado, e muita gente enfrentou diversas tragédias. Muitos dos moradores foram forçados a fugir da própria casa em mais de uma ocasião e, a cada vez, tiveram que reconstruir a vida do zero."

Mais informações:

Crystal Wells, CICV Genebra (inglês)
cwells@icrc.org, +41 79 642 80 56
Florian Seriex, CICV Genebra (inglês, francês)
fseriex@icrc.org, +41 79 574 06 36