Visitas familiares: um alívio emocional

02 maio 2017

As visitas familiares aos detidos em prisões de Israel são uma ajuda emocional não apenas para os que estão atrás das grades, mas também para os entes queridos deixados para trás.

Desde 1968, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) administra um programa que permite que pessoas residentes na Faixa de Gaza, Cisjordânia, Jerusalém e Golã ocupado visitem os parentes em centros de detenção israelenses.

Israel detém palestinos dentro do seu território – mas não dentro do território ocupado, conforme determinam as normas relativas à ocupação. Em consequência, os familiares precisam obter autorizações de visita especiais e esperar durante longos períodos quando atravessam terminais e pontos de controle, além de percorrer grandes distâncias para ver os entes queridos.

 

Receba o boletim do CICV