Iêmen

4.428
detidos foram visitados em seis centros de detenção, onde as suas condições de vida e o tratamento que recebem foram monitorados.
1,1 milhão
de pessoas tiveram acesso à água potável graças aos projetos de reforma e construção.
Mais de 51 mil
pessoas deslocadas receberam alimentos, utensílios domésticos e de cozinha, kits de higiene e cobertores.
281
telefonemas foram realizados entre detidos em Guantánamo e os seus familiares no Iêmen.
Mais de 65 mil
pessoas com deficiência receberam tratamento em quatro centros ortopédicos apoiados pelo CICV.

Receba o boletim do CICV