Brasil: Webinar debate desaparecimento de pessoas

16 setembro 2020
Brasil: Webinar debate desaparecimento de pessoas

Brasilia (CICV) – Mais de 140 pessoas participaram do webinar "Desaparecimento de Pessoas no Brasil: Uma Realidade de Muitas Peças" no dia 31 de agosto, organizado pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV). O evento reuniu autoridades, familiares de pessoas desaparecidos e especialistas para discutir como assistir às necessidades psicossociais dos familiares e como melhorar a capacitação dos agentes do estado envolvidos no combate e prevenção ao desaparecimento.

A Chefe da Delegação Regional do CICV para Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai, Simone Casabianca-Aeschlimann, iniciou a discussão observando a gravidade dos efeitos do desaparecimento. "Infelizmente, o desaparecimento de pessoas é um problema que tem consequências devastadoras e muitas vezes duradouras para as famílias e para comunidades inteiras", explicou.

A coordenadora de Prevenção e Enfrentamento de Pessoas Desaparecidas da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Jovita Belfort, que tem uma filha desaparecida, atentou para a angústia que os familiares carregam e destacou a importância de uma resposta e do apoio do Estado nesse processo. Já a panelista e delegada de polícia Arlete Gonçalves Silveira falou sobre medidas práticas de combate o desaparecimento. "Seria ideal termos protocolos especializados, que todas as delegacias pudessem realizar um procedimento de busca mais rápido, ágil", afirmou.

A mesa-redonda contou com a presença da Chefe da Delegação Regional do CICV, Simone Casabianca-Aeschlimann, da coordenadora do Programa de Proteção da Delegação Regional do CICV, Rita Palombo, da delegada de polícia responsável pela 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de Fortaleza, Arlete Gonçalves Silveira, do coordenador da Divisão da Localização Familiar e Desaparecidos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos de São Paulo, Darko Vieira Cristiano Hunter, da promotora de Justiça e Coordenadora do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos da Prefeitura de São Paulo, Eliana Faleiros Vendramini, do promotor de justiça e Coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania do Estado do Ceará, Eneas Vasconcelos, da coordenadora de Prevenção e Enfrentamento de Pessoas Desaparecidas da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Jovita Belfort, e da juíza Raquel Chrispino.

Assista a seguir ao evento: