Segunda edição do Prêmio CICV de Cobertura Humanitária Internacional é lançada

As inscrições vão de 1° de junho a 1° de agosto; a equipe vencedora viajará a um contexto operacional do CICV a convite da instituição

23 abril 2018

Um Mundo de Muros Lalo de Almeida Folhapress

O especial multimídia "Um Mundo de Muros", da Folha de S.Paulo, foi o trabalho vencedor da edição de 2017 do prêmio. Foto: Lalo de Almeida/Folhapress

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), organização humanitária global com mais de 150 anos de história, lança no Brasil a segunda edição do Prêmio CICV de Cobertura Humanitária Internacional. O objetivo da premiação é incentivar a criação de mais conteúdo jornalístico de qualidade sobre temas humanitários na imprensa brasileira.

"Como trabalhador humanitário que já esteve em vários contextos de guerra e de violência no mundo, sei o quanto é relevante o papel da imprensa nesses locais e como reportagens bem apuradas são importantes para a sociedade. É uma satisfação apoiar a produção de mais conteúdo jornalístico que coloque as vítimas, isto é, o ser humano, em primeiro plano", afirma o chefe da Delegação do CICV para Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai, Lorenzo Caraffi.

Serão premiadas produções jornalísticas que destaquem temas internacionais humanitários, com foco nas vítimas, publicadas entre 1º de agosto de 2017 e 31 de julho de 2018. Dentre os temas que podem ser abordados para participar do prêmio estão os assuntos humanitários em conflitos armados. Reportagens que fazem referência à aplicação das normas do Direito Internacional Humanitário (DIH), conhecido como as "regras da guerra", também podem ser inscritas.

O impacto humano dos conflitos armados, em particular a assistência humanitária (entrega de alimentos, de medicamentos, atenção à saúde, fornecimento de água potável), migração, refúgio, desaparecimentos em situação de conflitos armados, ataques a missões médicas e violência sexual em situação de conflitos armados são outros conteúdos que podem ser inscritos no prêmio.

O primeiro colocado terá a oportunidade de viajar a algum local do mundo na qual o CICV atua. O segundo e o terceiro lugar receberão um prêmio em dinheiro. Há apenas uma categoria de premiação – na qual poderão ser inscritas reportagens produzidas para qualquer meio (impresso, televisão, rádio ou multimídia). O período de inscrição será entre 1° de junho e 1° de agosto.

A primeira edição do Prêmio CICV de Cobertura Humanitária Internacional teve como primeiro colocado o trabalho multimídia intitulado "Um Mundo de Muros", do jornal Folha de S.Paulo. Como premiação, a equipe vencedora foi ao Líbano a convite do CICV. O segundo e o terceiro colocados foram, respectivamente, o documentário Filhos de Ruanda (GloboNews) e a reportagem Vidas Intermitentes no Deserto (Época).

Clique aqui para mais informações sobre o prêmio e regulamento.