Brasil e países do Cone Sul: Relatório sobre a resposta do CICV à COVID-19 em junho e julho

14 agosto 2020
Brasil e países do Cone Sul: Relatório sobre a resposta do CICV à COVID-19 em junho e julho
Referência.

A Delegação Regional do CICV adaptou seu modus operandi diante da pandemia da COVID-19 e implementou novas atividades no seu trabalho humanitário neutro, imparcial e independente na Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Entre as principais atividades, o CICV apoiou sistemas penitenciários dos cinco países, as Sociedades Nacionais da região e os migrantes.

Também fomentamos a aplicação adaptada da metodologia do Acesso Mais Seguro – incluindo estratégias de autocuidado – para os trabalhadores dos serviços públicos essenciais que estão na linha de frente neste momento de crise humanitária e criamos a campanha Valorize o Essencial, que chama a atenção para a vulnerabilidade desses profissionais.