Ajudar as pessoas detidas

As Convenções de Genebra outrogaram ao CICV o mandato de realizar visitas tanto a prisioneiros de guerra como a internados civis durante conflitos armados. A organização também visita pessoas detidas em outras situações de violência. As visitas têm por objetivo assegurar que os detidos sejam tratados com humanidade, trabalhando-se junto às autoridades para prevenir abusos e melhorar as condições de detenção.

990 mil
pessoas foram beneficiadas com as visitas do CICV a lugares de detenção.
1.650
lugares de detenção foram visitados pelo CICV.
4,8 mil
visitas a detidos foram realizadas.
33 mil
detidos foram visitados individualmente e monitorados pelo CICV.
35
prisioneiros de guerra foram visitados pelo CICV.
98
países e territórios receberam ações do CICV para melhorar as condições dos detidos.