Recém abertos: arquivos do CICV de 1966 a 1975

15 junho 2015
Recém abertos: arquivos do CICV de 1966 a 1975
Guerra Nigéria-Biafra. Distribuição de comida e lenha de cozinha no centro de nutrição em Umuoso, 1968. CC BY-NC-ND / CICV / H.D Finck

Os arquivos do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) – uma enorme variedade de imagens, vídeos, documentos, áudios e outros – foram recentemente abertos ao público para o período de 1966-1975, destacando a situação humanitária daquela época.

O período cobre inúmeros acontecimentos históricos importantes, como a Guerra do Vietnã, a Guerra Nigéria-Biafra, a junta militar na Grécia e o golpe contra o presidente Allende no Chile.

Esses materiais propiciarão aos acadêmicos e estudantes, entre outros, uma nova perspectiva sobre importantes fatos internacionais. Visite os arquivos.

O historiador do CICV Daniel Palmieri fala sobre a riqueza dos materiais do CICV de 1966 a 1975 e por que é tão importante que esses arquivos se tornem disponíveis para o público.

Guerra do Vietnã: 1964 - 1980

O CICV pôde assistir as populações refugiadas depois de 1980. Durante o conflito, as atividades em prol dos prisioneiros foram completamente rejeitadas pela República Democrática do Vietnã e severamente dificultadas pela República do Vietnã. 

Guerra do Vietnã. Soldado ferido durante uma operação militar, 1974. CC BY-NC-ND / CICV / S.N

Guerra Nigéria-Biafra: 1968 - 1970

Como consequência da guerra civil na Nigéria, o CICV se envolveu em uma das suas maiores operações humanitárias desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

O historiador do CICV Daniel Palmieri descreve a situação humanitária entre 1966 e 1975, destacando a Guerra entre Nigéria e Biafra.

Novos arquivos do CICV disponíveis

O CICV mantém os arquivos encerrados por um período de 40 anos para arquivos gerais e de 60 anos para outras categorias.

A vasta maioria dos documentos deste período, cerca de 16 mil documentos, ou 97% do total, é disponibilizada depois de 40 anos. Os documentos remanescentes serão abertos após 60 anos. O inventário dos arquivos indicará claramente quais documentos existem mas ainda não estão disponíveis nesta ocasião.

Guerra Nigéria-Biafra: as pessoas tentam receber alimentos no centro de distribuição da Cruz Vermelha Sueca em Udo. CC BY-NC-ND / CICV / Max Vaterlaus

Visite os arquivos do CICV

Os arquivos do CICV estão abertos de Segunda a Sexta, de 8h30 às 16h30.  Marque um horário para fazer a visita – tanto por e-mail, telefone ou carta.

Quando chegar à sede do CICV, dirija-se à recepção que entrará em contato com os funcionários do arquivo.

Poderá usar câmeras digitais e laptops na sala de leitura dos arquivos, desde que não incomode os outros visitantes. Os scanners são proibidos.

Obs: a maioria dos documentos dos arquivos do CICV está em francês.