Página arquivada:pode conter informações antigas

Azerbaijão: parques infantis seguros

30-09-2008 Reportagem

Há quatorze anos, um acordo de cesse das hostilidades foi assinado para marcar o final do conflito de Nagorny-Karabakh. No Azerbaijão as minas terrestres são um legado mortal do conflito. O CICV busca prevenir a destruição que elas causam.

  Flagelo das minas não poupa crianças  

     

    ©ICRC/G.Guliyeva      
   
    Crianças em diversas áreas com minas agora têm onde brincar sem perigo para o alívio de seus pais.      
         

O vilarejo de Mahmudlu-2 está localizado no distrito de Fizuli na linha de combate no sudoeste do Azerbaijão. É um dos muitos vilarejos onde a população civil continua a sofrer os efeitos do confli to de Nagorny-Karabakh. A maioria das vítimas é morta ou ferida enquanto trabalha nos campos, cata lenha ou cuida dos animais.

O levantamento sobre o impacto das minas terrestres, concluído em 2003 pelo Centro de Ação de Levantamentos, identificou 480 comunidades atingidas por minas e outros remanescentes explosivos de guerra. A maioria destas comunidades se encontra no distrito de Fizuli.

Crianças que moram em vilarejos na linha de combate, no Azerbaijão, recebem diariamente conselhos de seus pais como " Cuidado! " , " Não brinque longe do jardim! " , " Brinque perto de casa! " . No vilarejo de Mahmudlu-2, os pais de Ulvi Orujev, que tem 12 anos de idade, não deixam o menino brincar longe de casa. Ele só pode brincar no jardim e diz: " Eles têm medo que eu pise numa mina terrestre, mas agora temos uma área de lazer segura, eles ficam menos preocupados " .

  Como o CICV e seus parceiros ajudam a prevenir mortes e ferimentos  

Com o intuito de prevenir mortes e ferimentos em áreas onde há minas terrestres, o CICV vem apoiando a Sociedade do Crescente Vermelho do Azerbaijão e oferece parques infantis seguros para crianças que moram perto da linha de combate. Esta é uma das medidas práticas tomadas pelo CICV e pelas sociedades nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho no mundo inteiro para reduzir os efeitos das minas e outros remanescentes explosivos de guerra que atingem a população civil.

Recentemente, um parque infantil, projeto conjunto do Crescente Vermelho do Azerbaijão e o CICV, foi inaugurado no vilarejo de Mahmudlu-2. Na cerimônia de abertura o coordenador do projeto, Bayram Valiyev do Crescente Vermelho do Azerbaijão, afirmou: " Como parte de uma estratégia conjunta para reduzir os riscos das minas, o Crescente Vermelho do Azerbaijão e o CICV estão se esfor çando para oferecer áreas de lazer seguras onde famílias possam descansar. Ambas as instituições trabalham em comunidades onde há um grande número de minas e outros remanescentes explosivos e estes dispositivos ainda são um risco para as crianças " . Valiyev e Allahverdi Mahmudov, líder comunitário, assinaram um contrato para a entrega do parque ao vilarejo.

Todas as noites Tahir Humbatov, de 60 anos de idade, passa tempo com seus netos. " Realmente fiquei muito feliz com a construção deste espaço de lazer. Por causa da localização do nosso vilarejo, nossas vidas estão sempre em risco devido a disparos por armas de fogo ou explosões de minas. É perigoso andar em lugares que não conhecemos, principalmente no caso das crianças. Mas com essa área de lazer eu me sinto mais tranqüilo " , diz Humbatov.

Enquanto seus netos pulam de um brinquedo a outro na praça, ele se senta em um banco, conversa com vizinhos e joga xadrez. " Fico feliz de ver a alegria dos meus netos " , diz Humbatov.

  Tudo começou em 2005  

Um parque infantil seguro é um lugar comprovadamente seguro, que foi transformado em espaço de recreação ao ar livre para crianças e adolescentes. Em condições ideais, a o local deve estar cercado. Avisos claros advertem sobre o perigo de minas e outros remanescentes explosivos de guerra.

O projeto de " parques infantis seguros " foi lançado nas regiões da linha de combate no Azerbaijão em 2005 com o apoio financeiro da Cruz Vermelha da Noruega e o apoio técnico do CICV. Em 2007, o CICV ofereceu apoio financeiro e operacional para o projeto ao Crescente Vermelho do Azerbaijão. Graças ao financiamento do Comitê Olímpico Internacional para a construção de outros parques infantis seguros em 2008, o Crescente Vermelho do Azerbaijão e o CICV, em conjunto, inauguraram sete novos parques em agosto. Hoje, cerca de 3.500 crianças em 42 comunidades brincam com segurança e sem medo nos distritos de Agdam, Gazakh, Tovuz, Aghstafa, Aghjabadi, Fizuli, Goy-Gol, Goranboy, Terter e Gadabey.

Como corrobora Herbi Elmazi do CICV: " Parques infantis seguros constituem um grande benefício. Permitem chamar a atenção das crianças para o perigo das minas e outros remanescentes explosivos de guerra no Azerbaijão e, ao mesmo tempo, contribuem para seu bem-estar e desenvolvimento social. É um prazer ver o bem que o CICV e o Crescente Vermelho do Azerbaijão estão fazendo às crianças atingidas por minas neste país " .

  Com a ajuda das crianças  

As crianças se engajaram muito no projeto de parques infantis seguros e ofereceram dicas sobre a segurança para jovens que moram em áreas atingidas por conflitos. Fizeram ainda mais do que isso.

Em Mahmudlu-2, o parque infantil foi construído perto de uma escola com mais de 200 alunos. Mahmudov, o líder comunitário, também é o diretor da escola e disse que os alunos adolescentes da escola haviam ajudado na construção, cavando os alicerces das instalações e misturando o concreto. " Trabalharam como adultos " , disse.

Elgun Suleymanly de dez anos lembra: " Quando ouvimos dizer que iam construir um parque infantil aqui, ficamos muito contentes e corremos em direção à escola. Sabíamos que tínhamos de ajudar com a obra. Removemos entulhos e carregamos água e areia em baldes " . Suleymanly e seus amigos dizem que se divertiram brincando nos novos balanços, cirandas e escorregas.

Mahmudov acredita que a área de recreação dá a possibilidade às crianças de brincar longe de lugares perigosos, minas terrestres e outros remanescentes explosivos de guerra. " Em primeiro lugar, é um espaço de recreação seguro. Entret anto, o espaço também pode ser utilizado como local de treinamento físico para os alunos menores. Embora a escola tenha seu próprio campo de esportes, este novo recinto de lazer infantil é especialmente para os alunos menores " , diz Mahmudov.

Mahmudov espera que " em breve não seja necessário construir espaços de lazer seguros para crianças” e que “todo o país seja uma área segura e sem minas " .