Página arquivada:pode conter informações antigas

UEFA EURO 2004TM: primeira partida das quartas de final dedicada à campanha da UEFA e CICV, Protejamos as crianças na guerra.

10-06-2004 Comunicado de imprensa

O dia 24 de junho será um dia especial para a iniciativa conjunta da UEFA e CICV, tomada para conscientizar sobre a necessidade de que se protejam e se ajudem as crianças afetadas pela guerra. A bandeira do círculo central, na primeira partida das quartas de final, terá o logotipo da campanha, Let us Play. A Cruz Vermelha Portuguesa distribuirá bonés, broches e folhetos com a frase Play by the Rules (Joguem pelas regras). Em Lisboa, mais de 2000 crianças soltarão balões com o logotipo. Os 65 mil pagantes para assistir o jogo receberão os broches da campanha.

Durante todo o campeonato, os árbitros usarão o logotipo nas mangas de suas camisas. Um dos quatro spots da campanha sera transmitidos em telas gigantes em cada partida e o programa oficial do EURO 2004 TM trará um artigo sobre a campanha. A Cruz Vermelha Portuguesa prestará auxílio de primeiros socorros nas 14 partidas.

Esta é a primeira vez que a UEFA proporciona uma plataforma para a campanha de uma causa humanitária em um dos seus campeonatos. Na opinião do presidente da UEFA, Lars-Christer Olsson, o apoio aos esforços do CICV para ajudar as crianças que são vítimas da guerra reflete os próprios valores da UEFA. O esporte, particularmente o futebol, tem se mostrado uma forma altamente eficiente, nas palavras do diretor de comunicação do CICV, Yves Daccord, na reabilitação, tanto física como mental, das crianças que tiveram suas vidas prejudicadas pela guerra.

A campanha conjunta UEFA/CICV tem quatro mensagens simples. As crianças que são separadas das suas famílias devem ser protegidas e todo o possível deve ser feito para reunificá-las. Elas precisam de cuidados para ajudar na sua recuperação física e psicológica. As crianças têm o direito de terem suas necessidades básicas atendidas no que se refere a abrigo, alimentos, água, vestuário, atendimento médico e educação. Elas não devem ser recrutadas para as forças armadas ou grupos armados, não se deve permitir que participem diretamente das hostilidades.

Quatro importantes árbitros foram nomeados embaixadores da campanha. O papel de um árbitro é assegurar que os jogadores respeitem as regras do jogo. O CICV trabalha para assegurar que aqueles que combatem em uma guerra respeitem o direito d os conflitos armados.

O programa conjunto foi inicialmente lançado em novembro de 2003 com Pierluigi Colina (Itália), nomeado o primeiro embaixador da campanha. Em fevereiro de 2004, Anders Frisk (Suécia), Markus Merk (Alemanha) e Lubos Michel (Eslováquia) juntaram-se a Colina. Em março deste ano eles viajaram para Serra Leoa para ver de perto as atividades do CICV para ajudar as crianças que passaram por uma guerra. Lá eles apitaram uma partida com as crianças com o árbitro de Serra Leoa, Denis Sorie. Os embaixadores também aparecem em quatro spots para telas gigantes que serão exibidos no estádio durante a partida do 24 de junho.

O símbolo especial  " Let us Play " , desenhado a partir de uma perspectiva infantil, foi criado para comunicar o desejo das crianças de poderem experimentar a alegria e a diversão do futebol e não de sofrerem com as conseqüências da guerra.