Página arquivada:pode conter informações antigas

Azerbaijão: avanços na criação de áreas livres de minas

14-06-2005 Comunicado de imprensa 05/49

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), o Crescente Vermelho do Azerbaijão e a agência nacional do Azerbaijão responsável pelas ações na área de minas realizaram um seminário de quatro dias, próximo à Baku, para fazer um alerta sobre o risco que as minas representam. O evento é parte de um projeto do CICV que visa criar áreas de recreação livres de minas, nos vilarejos localizados nas antigas zonas de conflito.

" Dez anos depois do cessar fogo no conflito de Nagorny Karabakh, as minas ainda são um sério problema no país " , diz Musa Jalalov, responsável pelos programas de educação sobre o perigo das minas, da agência governamental. " Nossos estudos concluíram que há 11 áreas de alto risco, 101 de médio risco e 970 áreas suspeitas " . O seminário foi o primeiro passo na cooperação entre o CICV, o Crescente Vermelho local e a agência do governo em busca da redução do número de vítimas, especialmente crianças. A educação sobre o perigo das minas em áreas de alta incidência destas armas é uma das maiores atividades da agência. 

" Ainda este ano, deverão ser criadas 15 áreas de recreação livres de minas " , disse Herbi Elmazi, coordenador do projeto pelo CICV. " Estamos ajudando a construir a capacidade do Crescente Vermelho local em trabalhar com a educação sobre o perigo destas armas, de maneira gradual " , concluiu. O projeto envolverá também trabalho com a comunidade, num processo onde ela mesma ajudará a identificar os problemas específicos provocados pelas minas preparando os moradores locais para lidar com estes problemas. O Crescente Vermelho desempenhará um papel fundamental no trabalho com estas comunidades.

  Mais informações:  

  Gulnaz Guliyeva, CICV Baku, tel. +99 412 465 63 34 ou +99 412 440 62 22  

  Annick Bouvier, CICV Genebra, tel. +41 22 730 24 58  

    visite: www.icrc.org  



Seções relacionadas