Página arquivada:pode conter informações antigas

Geórgia: trabalhando para melhorar as condições de vida dos deslocados

23-02-2006 Comunicado de imprensa 06/08

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) assinou, no dia 23 de fevereiro, com autoridades da Geórgia, um memorando de entendimento sobre um projeto para promover melhorias na qualidade de vida de mais de 3 mil deslocados internos, pessoas que que tiveram que abandonar suas casas há 15 anos, obrigados pelo conflito armado, ainda não resolvido, nas regiões de Abkhazia e Ossétia do Sul. Essas pessoas estão, agora, em 33 centros coletivos no oeste da Geórgia e na região de Shida Kartli.

O CICV realiza melhorias no fornecimento de água e no serviço de saneamento destes centros, e trabalha na reconstrução dos tetos de cobertura quando necessário.

Michel Vouilloz, coordenador do programa de água e saneamento do CICV, diz que " um dos maiores objetivos do projeto é levar água limpa. Em muitos destes centros, as pessoas são obrigadas a carregar água por longas distâncias e, ainda assim, não estando seguras de que essa água coletada seja boa para beber. Nós vamos mudar isso. Ter água limpa significa ter uma vida melhor, uma melhora nas condições de higiene e sanidade " .

Para realizar esse trabalho, o CICV atua em cooperação com o Ministério Georgiano para Refugiados e Acomodação, já que as autoridades devem ser as primeiras responsáveis por lidar com estes problemas de deslocamento interno, além de ter que garantir que todos os deslocados recebam ajuda.

Os deslocados que vivem nestes centros e que aceitam participar dos trabalhos de reparação têm a a chance de garantir uma renda adicional, além de exercer o senso de liderança. David Kartozia, de 63 anos, é a pessoa mais velha a participar do programa. " Estou feliz por fazer algo por nossa moradia temporária. Eu aceitei o convite sem pensar muito. Meus vivzinhos e minha família admiram o resultado do projeto e eu me sinto orgulhoso e feliz. Eu digo a eles que essa é minha modesta contribuição para o sucesso " .

Entre 2002 e 2005, o CICV melhorou as condições de vida de aproximadamente 10.500 pessoas deslocadas em 77 centros coletivos.

  Mais informações:  

  Maia Kardava, CICV Tbilisi, tel. +995 32 35 55 10  

  Annick Bouvier, CICV Genebra, tel. +41 22 730 24 58 or +41 79 217 32 24