Página arquivada:pode conter informações antigas

Geórgia/Federação Russa: CICV faz apelo emergencial preliminar

11-08-2008 Comunicado de imprensa 08/144

Tbilisi/Genebra (CICV) – O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) lançou um apelo preliminar de 8 milhões de francos suíços (USD 7,4 milhões) para atender às necessidades emergenciais de cerca de 50 mil pessoas atingidas pelo conflito armado que envolve os soldados da Geórgia, da Ossétia do Sul e da Rússia.

O apelo tem como objetivo garantir cuidados cirúrgicos e médicos adequados para os feridos e ajuda emergencial para as pessoas deslocadas na Ossétia do Norte e na Geórgia, assim como também para os civis que permanecem na Ossétia do Sul. Isto inclui água potável para os moradores de Tskhinvali.

O CICV também continua a ter acesso a todas as pessoas capturadas ou presas em função do conflito. A organização visitou hoje dois pilotos russos que foram feridos e estão detidos pelas autoridades da Geórgia.

Uma equipe cirúrgica do CICV deve chegar em 12 de agosto à Geórgia, a fim de reforçar as equipes cirúrgicas locais, particularmente as que trabalham no hospital civil de Gori. A Cruz Vermelha da Noruega está enviando um hospital de campo para ajudar a tratar das pessoas que ficaram feridas na Geórgia, incluindo, se possível, em Tskhinvali.

" Ao longo dos últimos dias o CICV visitou hospitais em Alaguir, Ardon e Vladikavkaz, na Federação Russa, e em Gori, Poti e Senaki, na Geórgia " , afirmou Dominik Stillhart, vice-diretor de operações da organização. " Ainda é cedo demais para afirmar quantas pessoas foram mortas ou feridas pelos combates, mas nossas visitas a esses hospitais confirmam que as instalações médicas locais estão lidando com um grande número de mortos e feridos. "

Outra prioridade máxima para o CICV é o envio de ajuda para as pessoas que foram deslocadas ou ficaram isoladas pelo conflito. Tão logo seja possível, o CICV espera fornecer gêneros de primeira necessidade como cobertores, produtos de higiene e panelas, e restabelecer o acesso à água potável para as pessoas que moram em Tskhinvali. A organização também pr etende oferecer assistência emergencial para as pessoas que fugiram de Ossétia do Sul.

No norte do Cáucaso, o CICV está trabalhando com a filial da Cruz Vermelha Russa em Ossétia do Norte e está coordenando com as autoridades e outras organizações humanitárias a oferta de ajuda emergencial às famílias que fugiram dos combates. Isso inclui itens de higiene e produtos especiais para as crianças.

Atualmente, o CICV possui uma delegação em Tbilisi, um escritório na cidade georgiana de Zugdidi (oeste), e uma pequena equipe em Gori. No norte do Cáucaso, o CICV tem uma subdelegação em Nalchik e escritórios em Khassaviurt, Grozny, Nazran e Vladikavkaz.

  Mais informações:  

  Maia Kardava, CICV Tbilisi, tel: +995 32 35 55 10 ou +995 99 55 88 18 (celular)  

  Yuri Shafarenko, CICV Vladikavkaz, tel: +7 867 253 0737 ou +7 903 545 3534 (celular)  

  David-Pierre Marquet, CICV Moscou, tel: +7 495 626 5426 ou +7 906 708 46 37 (celular)  

  Anna Nelson, CICV Genebra, tel: +41 22 730 2426 ou +41 79 217 3264 (celular)