Página arquivada:pode conter informações antigas

Bálcãs: Famílias de desaparecidos continuam à espera de notícias

29-08-2008 Comunicado de imprensa 08/161 

Belgrado/Sarajevo/Pristina (CICV) – Dezessete anos se passaram desde o início do conflito na ex-Iugoslávia, e até hoje não se conhece o destino de aproximadamente 17 mil pessoas na região.

Por ocasião do Dia do Desaparecido, em 30 de agosto, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) exorta as autoridades dos Bálcãs a acelerar o processo de   determinação sobre o que aconteceu às pessoas que desapareceram em virtude do conflito.

Nos últimos 12 meses, tomou-se conhecimento do destino de menos de 1 mil pessoas. Assim, o número total de desaparecidos chega a 16.713. “As antigas partes em conflito têm a resposta sobre o que aconteceu a essas pessoas”, afirmou Paul-Henri Arni, chefe da delegação do CICV na Sérvia. “As autoridades têm a obrigação de prestar informação às famílias, que já esperaram demais.”

A incerteza sobre o destino dos entes queridos tem causado grande sofrimento aos familiares. Os parentes não contam com apoio jurídico e administrativo em sua tentativa de descobrir o que aconteceu.

O CICV lança um apelo às autoridades para que garantam total apoio às instituições regionais encarregadas de estabelecer o destino dos desaparecidos, incluindo o Instituto de Pessoas Desaparecidas, da Bósnia-Herzegovina, o Grupo de Trabalho sobre Pessoas Desaparecidas, de Kosovo, e as comissões governamentais sobre desaparecidos.

“Deveria-se prestar um tributo às famílias. Elas têm mostrado uma persistência, uma coragem e uma dignidade admiráveis em sua busca por respostas”, afirmou Arni. “Exortamos as autoridades e o público em geral a se lembrar delas e de suas necessidades, hoje e em todos os dias até que o desaparecimento de seus seres queridos seja conhecido.”

O CICV continua a apoiar as famílias dos desaparecidos e os serviços de buscas das Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha nos Bálcãs. Recentemente, a organização publicou um novo manual sobre apoio psicossocial para as associações de familiares e as Sociedades Nacionais que ajudam as famílias a superar as perdas. 

     

  Mais informações:  

  CICV Belgrado, Vera Dragovic, tel.: + 381 11 344 1522  

  CICV Sarajevo, Sanela Bajrambasic, tel.: +387 33 72 17 80  

  CICV Pristina, Idriz Gashi, tel.: +381 38 228 400