Página arquivada:pode conter informações antigas

Reunião visa esclarecer paradeiro de georgianos, ossetianos e russos desaparecidos

29-04-2010 Comunicado de imprensa 0/73

Genebra (CICV) – Uma segunda reunião do mecanismo de coordenação que busca esclarecer o paradeiro de pessoas desaparecidas durante e depois das hostilidades de agosto de 2008 foi realizada com o apoio do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

Os participantes de Moscou, Tbilisi e Tskhinvali/Tskhinval se reuniram em uma barraca situada entre as aldeias de Okona e Knolevi, a noroeste de Gori, para discutir passos concretos e coordenados que devem ser tomados para fornecer informações relevantes às famílias das pessoas desaparecidas.

" Todas as partes manifestaram interesse em melhorar a coordenação das atividades forenses de modo a facilitar a identificação de restos mortais humanos. Foi enfatizada a conformidade com os padrões internacionais de exumação e identificação de restos mortais " , disse a conselheira forense do CICV, Megan Bassendale, que participou do encontro. " Realizar essas ações é prioridade. Segundo o Direito Internacional Humanitário (DIH), as famílias têm o direito de saber o que aconteceu com seus parentes desaparecidos. "

Durante o primeiro encontro do mecanismo, realizado em Ecogia, Suíça, no dia 23 de fevereiro, foram compartilhadas listas preliminares com 47 pessoas desaparecidas. No encontro de hoje, foram trocadas informações adicionais sobre pessoas desaparecidas e sepulturas, um novo caso foi acrescentado e um caso de pessoa desaparecida foi resolvido positivamente.

  Mais informações:  

  Maia Kardava, CICV Tbilisi, tel: +995 91 600 685  

  Marina Tedeti, CICV Tskhinvali/Tskhinval, tel: +7 928 230 0583  

  Yuriy Shafarenko, CICV Moscou, tel: +7 495 626 5426  

  Christian Cardon, CICV Genebra, tel: +41 79 251 9302